Coluna de Antônio José Larangeira de 24 de janeiro de 2019

Roberto Duran capitaneando as eleições do conselho do Yacth Clube. No flash com sua esposa.
Roberto Duran capitaneando as eleições do conselho do Yacth Clube. No flash com sua esposa.
Roberto Duran capitaneando as eleições do conselho do Yacth Clube. No flash com sua esposa.
Roberto Duran capitaneando as eleições do conselho do Yacth Clube. No flash com sua esposa.
Hugo Dórea e Cristina, socialmente.
Hugo Dórea e Cristina, socialmente.
Ilka e seu marido empresário Paulo Barros.
Ilka e seu marido empresário Paulo Barros.

Serasa condenada

A Terceira turma do STL condenou SERASA a indenizar por danos morais e materiais todos os consumidores que ficam com nome sujo por mais de cinco anos. A Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) ordenou que os cadastros negativos com o nome do devedor sejam excluídos assim que o vencimento da dívida completar cinco anos. A orientação é válida para dívidas cobradas em cartório. Em caso de ações judiciais, o prazo para de contar assim que o consumidor é acionado pelo tribunal. O STJ condenou a Serasa Experian a indenizar, por danos morais e materiais, todos os consumidores que tiverem seus dados divulgados contrariando o novo entendimento. Segundo a ação, a entidade mantinha o nome dos consumidores inadimplentes por prazo superior a cinco anos sem qualquer controle da data prescricional. A Serasa é uma das rés na ação civil pública promovida pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios. Se seu nome foi parar no cadastro de negativados ou algum funcionário de empresa de cobrança, bancos, financeiras e cartões de crédito lhe informou falsamente, que “agora não há mais a prescrição em relação às dívidas e o cadastro em SPC e SERASA pode permanecer para sempre”, não acredite. (A notícia está em www.reconcavonews.com.)

Franceses aqui

Com uma demonstração de capoeira e ao som de As Divas do Karaokê, um pequeno grupo de franceses, rotarianos do Distrito 1700, foram recepcionados no Mercado de Arte Popular (MAP), na manhã terça feira (22/01/2019). Participando do Intercâmbio Rotário da Amizade. Visitando a cidade pela primeira vez, a francesa Maité Ramond-Hugues disse encantada com a receptividade dos feirenses. “São pessoas muito simpáticas”, observou após um convite para um registro fotográfico enquanto circulava pelo MAP com olhares atentos ao artesanato e outras mercadorias expostas em cada boxe.Francis Arend já morou no Brasil, na cidade de São Paulo, durante 15 anos. Esta foi sua primeira vez em Feira. Retornou para seu país de origem levando a alegria do povo. “Para mim será sempre um prazer retornar ao Brasil. E em Feira fomos muito bem acolhidos, uma cidade de pessoas afetuosas.”, afirmou.

Empresarial

Único do Norte e Nordeste entre as 10 maiores empresas do ramo de refeições coletivas do Brasil, o Grupo LemosPassos amplia sua atuação em Feira de Santana, e assume a gestão do refeitório do centro de distribuição da Bartofil Distribuidora, do ramo industrial e atacadista, recém instalada na cidade. Na unidade, a LemosPassos vai produzir diariamente 280 refeições para atender aos funcionários da distribuidora, de segunda-feira a sexta-feira, com perspectiva de atingir 800 refeições/dia em médio prazo.

Em Feira de Santana, o Grupo LemosPassos também é responsável pela gestão de outros restaurantes coletivos, entre eles da Mercante, Ferragens Negrão e Rodobens Feira, e também do restaurante popular do Centro de Abastecimento do município, para o qual produz diariamente 1.000 refeições, subsidiadas pela Prefeitura.

Muito bem

Já está à frente da sua empresa JG, após se submeter a uma cirurgia no coração em São Paulo, Joaquim Galvão. Figura das mais expressivas do mundo da assessoria e auditoria empresarial da região.

O Yacht Club

Foi iniciado o processo eleitoral de novos Conselheiros do Yacht Clube da Bahia, por meio da inscrição dos candidatos e não se tem dúvidas que hoje o clube tem destaque em âmbito nacional, inclusive, pelo empenho de sucessoras diretorias e conselhos, que trabalharam, e trabalham, de forma voluntária e por amor. Deve-se a uma ação voluntáriosa de Comodoros, Diretores e Conselheiros, quebrando paradigmas e desburocratizando processos em prol do associado. O conselho conta com muita gente de nível como Roberto Duran, Jorge Muller entre outros que conheço bem e que vai continuar somando para o crescimento cada vez mais.

Sobre Antonio José Larangeira 3099 Artigos
Antonio José Larangeira nasceu em 11 de janeiro de 1945, é natural de Santo Amaro da Purificação (BA), é formado em Administração, pela Faculdade Anísio Teixeira (FAT). Atua como jornalista profissional, com registro nº 514 (SINJORBA/FENAJ) e publica coluna diária nos jornais Grande Bahia, Pátria Latina e Tribuna da Bahia. E-mail: [email protected]