Caso Pityocampa: COOFSAÚDE e Cidade Cooperativa usaram o mesmo escritório de contabilidade, que é dirigido por um ex-secretário da Fazenda do Município de Feira de Santana

COOFSAÚDE e Cidade Cooperativa de Saúde compartilharam o mesmo escritório de contabilidade.COOFSAÚDE e Cidade Cooperativa de Saúde compartilharam o mesmo escritório de contabilidade.
COOFSAÚDE e Cidade Cooperativa de Saúde compartilharam o mesmo escritório de contabilidade.

COOFSAÚDE e Cidade Cooperativa de Saúde compartilharam o mesmo escritório de contabilidade.

Em matéria exclusiva sobre o Caso Pityocampa, o Jornal Grande Bahia (JGB) revela fato que combina as operações de duas cooperativas de intermediação de mão-de-obra com sede em Feira de Santana. A Cooperativa de Trabalho Ltda. (COOFSAÚDE) — avaliada pelo desembargador do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) Nilson Soares Castelo Branco como uma complexa e sofisticada organização criminosa — compartilha o mesmo sufixo e-mail, @jgauditoria.com, no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) da Receita Federal (RF), com a Cidade – Cooperativa de Trabalho de Profissionais da Área de Saúde (Cidade Cooperativa de Saúde).

Conforme documentos e relatos de fontes, os endereços de e-mail, [email protected] e [email protected], estão associados a empresa JG Auditoria Contábil (http://www.jgauditoria.com.br/), cuja sede fica em Feira de Santana e cujo principal diretor é o contador e ex-secretário municipal da Fazenda de Feira de Santana Joaquim Costa Galvão Neto.

No site da JG Auditoria consta que a empresa presta serviços à municípios baianos, dentre eles Feira de Santana,  além de ser responsável por realizar a contabilidade do Fundo Municipal de Saúde de Feira de Santana e da Fundação Hospitalar de Feira de Santana, por coincidência, nos dois órgãos do município foram identificadas, pelo Ministério Público da Bahia (MPBA), fraudes envolvendo a COOFSAÚDE, que levaram a desvios estimados em R$ 71,6 milhões. A investigação e o processo judicial tramitam no âmbito do Caso Pityocampa.

Em síntese, é possível que ao mesmo tempo em que a JG Auditoria Contábil realizava a contabilidade de entes públicos, ela era responsável pela contabilidade das duas cooperativas, COOFSAÚDE e Cidade, o que enseja, no mínimo, um possível conflito ético, revela fonte.

JG Auditoria Contábil presta serviço à municípios da Bahia, dentre eles o Município de Feira de Santana e os órgãos de saúde investigados pelo Ministério Público.

JG Auditoria Contábil presta serviço à municípios da Bahia, dentre eles o Município de Feira de Santana e os órgãos de saúde investigados pelo Ministério Público.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).