A barbárie começou: Sob o comando do governador João Dória, Polícia Militar de São Paulo massacra jovens membros de protesto e jornalistas; Confira vídeo

Sob o comando do governador João Dória, Polícia Militar de São Paulo massacra jovens e jornalistas.
Sob o comando do governador João Dória, Polícia Militar de São Paulo massacra jovens e jornalistas.
Sob o comando do governador João Dória, Polícia Militar de São Paulo massacra jovens e jornalistas.
Sob o comando do governador João Dória, Polícia Militar de São Paulo massacra jovens e jornalistas.

Palavras não seriam suficientes para descrever o nível de violência extrema promovido pela Polícia Militar de São Paulo contra jovens, convocados pelo Movimento Passe Livre (MPL) e jornalistas que cobriam o protesto pacífico, cuja finalidade era manifestar desaprovação pelo aumento da tarifa do ônibus e metrô da cidade de São Paulo. Mas, um vídeo registrou o exato momento da barbárie promovida pelos policias, com a finalidade de constranger manifestantes e jornalistas, e mandar um recado contra futuros protestos, ou seja, está iniciado o reino do terror da extrema-direita comandada pelo governador de São Paulo, João Dória (PSDB), contra populares e membros da intelectualidade orgânica da sociedade.

A agressão policial ocorreu na Avenida Paulista, na quarta-feira (16/01/2019). Observa-se que, na condição de comandante da PM de São Paulo, João Dória, em conjunto com subordinados, devem ser denunciados e responder por crime contra os direitos humanos, decorrente de uso de força policial extrema contra populares que promoviam manifestação pacífica e jornalistas que exerciam a atividade de registro dos fatos.

Será que, diante do episódio, pode-se afirmar que o Brasil é uma Democracia?

Confira vídeo

Sobre Carlos Augusto 9405 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).