Salvador: Homenagem da Academia de Ciências da Bahia destaca trajetória de Edivaldo Boaventura

Acadêmico Amilcar Baiardi lembrou os principais fatos da trajetória de Edivaldo Boaventura, destacando a sua contribuição para a Educação e a Cultura da Bahia.
Acadêmico Amilcar Baiardi lembrou os principais fatos da trajetória de Edivaldo Boaventura, destacando a sua contribuição para a Educação e a Cultura da Bahia.
Acadêmico Amilcar Baiardi lembrou os principais fatos da trajetória de Edivaldo Boaventura, destacando a sua contribuição para a Educação e a Cultura da Bahia.
Acadêmico Amilcar Baiardi lembrou os principais fatos da trajetória de Edivaldo Boaventura, destacando a sua contribuição para a Educação e a Cultura da Bahia.

Com as presenças da esposa e filha do homenageado, respectivamente Solange e Lidia Boaventura, a Academia de Ciências da Bahia realizou ontem, dia 10 de dezembro de 2018, no Salão Nobre da Reitoria da Universidade Federal da Bahia, no Canela, uma sessão especial em homenagem ao professor Edivaldo Boaventura, falecido em agosto último.  A sessão foi conduzida pelo presidente da entidade, Jailson Andrade, e teve como orador o acadêmico Amilcar Baiardi, que enalteceu as múltiplas qualidades de Edivaldo Boaventura, tanto no plano pessoal como no profissional. A homenagem contou ainda com as presenças do presidente de honra da ACB, ex-governador Roberto Santos; das ex-reitoras da UFBA Eliane Azevedo e Dora Leal; e do atual reitor da instituição, João Carlos Salles, entre outras personalidades.

Baiardi (foto) lembrou os principais fatos da trajetória do homenageado, destacando a sua contribuição para a Educação e a Cultura da Bahia. Ressaltou o seu comprometimento com projetos importantes, como a criação da Universidade Estadual da Bahia (Uneb), Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), TV Educativa, além dos Parques Estaduais de Canudos e de Castro Alves. Particularmente em relação às universidades, observou que Edivaldo Boaventura não colaborou apenas com a sua criação, mas acompanhou a sua evolução, ” sempre sugerindo caminhos e diretrizes para o desenvolvimento das instituições”, disse.

Referindo-se à personalidade de Edivaldo Boaventura, o orador destacou características como simplicidade, humildade e racionalidade. ” Nosso homenageado tinha como traço de caráter o despojamento em relação à política partidária, não criava desafetos e nem alimentava antipatias. Alem disso, dispunha de tempo e agenda para atender a todos. Gostava de fazer amigos. Era também espirituoso e agia sempre com elevada elegância”.

Intelectual dos mais notáveis no cenário cultural baiano, Boaventura notabilizou-se por colaborar com a criação de entidades como a própria Academia de Letras da Bahia, como lembrou o seu presidente, Jailson Andrade, na fala que encerrou a homenagem: “Me sinto um privilegiado por ter convivido com ele no momento da criação da ACB” , lembrou, destacando que o homenageado ” deixou uma obra importante e vasta como escritor e feitos nas áreas de Educação, Ciência Cultura e Recursos Humanos”. Ao agradecer a homenagem, Lidia Boaventura, filha de Edivaldo, fez questão de destacar o seu desempenho como ” gestor intelectual” , que deixou marcas na cultura da Bahia.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108634 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]