Reportagem do Jornal Nacional destaca operação de R$ 1,2 milhão realizada pelo ex-motorista do deputado estadual Flávio Bolsonaro; Presidente eleito Jair Bolsonaro, Michele Bolsonaro e assessora Nathalia Queiroz são citados

Flávio Nantes Bolsonaro segura diploma de deputado estadual. Ex-assessor é investigado pelo COAF.
Flávio Nantes Bolsonaro segura diploma de deputado estadual. Ex-assessor é investigado pelo COAF.
Ex-assessor de Flávio Bolsonaro é investigado pelo COAF.
Ex-assessor de Flávio Bolsonaro é investigado pelo COAF.

Matéria veiculada na sexta-feira (07/12/2018) pelo Jornal Nacional, da Rede Globo, com título ‘Ex-assessor de Flávio Bolsonaro é investigado pelo COAF e Lorenzoni se irrita com questionamentos; conselho encontrou movimentações bancárias consideradas suspeitas na conta de ex-assessor, uma delas feita para a futura primeira-dama. Segundo Jair Bolsonaro, valores pagos eram referentes a dívida pessoal’, relata movimentas financeiras suspeitas identificadas pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF).

O Caso COAF x Família Bolsonaro

O relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) que cita movimentação financeira atípica de um ex-motorista do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) menciona também Nathalia Melo de Queiroz, 29 anos, ex-funcionária do presidente eleito Jair Bolsonaro que atuava na Câmara dos Deputados. Ela aparece como uma das beneficiárias de recursos movimentados por Fabrício José Carlos de Queiroz, pai e ex-motorista de Flávio Bolsonaro.

O relatório identificou que o ex-motorista do deputado estadual Flávio Bolsonaro movimentou R$ 1,2 milhão entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017. O senador eleito neste ano foi candidato à Prefeitura do Rio de Janeiro em 2016.

Uma das movimentações bancárias consideradas suspeitas na conta de ex-assessor foi realizada em benefício da futura primeira-dama Michele Bolsonaro. Segundo o presidente eleito Jair Bolsonaro, os valores pagos eram referentes a dívida pessoal.

O caso foi revelado na matéria publicada na quinta-feira (06/12/2018) Jornal O Estado de S. Paulo (Estadão), com título ‘Coaf relata conta de ex-assessor de Flávio Bolsonaro: documento aponta movimentação atípica no valor de R$ 1,2 milhão de Fabrício Queiroz, PM que era lotado no gabinete do deputado’.

Confira vídeo

Sobre Carlos Augusto 9717 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).