França espera reação do presidente Emmanuel Macron após protestos dos “coletes amarelos”

Macron prepara resposta a coletes amarelos após nova onda de protestos violentos
Macron prepara resposta a coletes amarelos após nova onda de protestos violentos.
Macron prepara resposta a coletes amarelos após nova onda de protestos violentos
Macron prepara resposta a coletes amarelos após nova onda de protestos violentos.

O presidente francês Emmanuel Macron se manteve em silêncio nos últimos dias, apesar dos violentos protestos que tomaram conta do país. A população espera um anúncio de medidas do chefe de Estado, que vai se pronunciar sobre o tema na noite desta segunda-feira (10/11/2018).

Segundo a presidência francesa, Macron pronunciará um discurso à nação às 20h pelo horário local (17h em Brasília). Ele anunciará “medidas” para “reunir toda a nação francesa”, adiantou no sábado (8) o primeiro-ministro francês, Edouard Philippe.

Para o chefe do governo, que receberá sindicatos de trabalhadores e de organizações patronais nesta segunda-feira (10), “chegou a hora do diálogo”. O pronunciamento de Macron é feito dois dias após um protesto marcado por violência e danos materiais em várias cidades do país.

A dificuldade encontrada pelo governo diante dos chamados “coletes amarelos” é principalmente a diversidade de reivindicações e o fato de que o grupo não é organizado por um sindicato ou um partido político, o que torna mais complexa a negociação.

O movimento, que adotou esse nome em razão dos coletes de sinalização de trânsito usados pelos manifestantes, começou em meados de novembro em protesto contra a alta do preço dos combustíveis. Mas logo a mobilização ganhou força e se transformou em uma crítica generalizada à queda do poder aquisitivo e contra as medidas econômicas impopulares do presidente francês.

*Com informações da RFI.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109903 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]