Feira de Santana: Vereador lamenta fechamento de órgãos pelo Governo do Estado

Marcos Lima: é inadmissível o que está acontecendo na Bahia.
Marcos Lima: é inadmissível o que está acontecendo na Bahia.
Marcos Lima: é inadmissível o que está acontecendo na Bahia.
Marcos Lima: é inadmissível o que está acontecendo na Bahia.

Na avaliação do vereador Marcos Lima (PLP), a posição do Governo do Estado ao anunciar dificuldades, demissões e extinção de órgãos da estrutura administrativa faz parte de um processo arquitetado, cuidadosamente planejado. Ele disse, na sessão desta segunda-feira (03/12/2018) que respeita o governador Ruy Costa (PT), mas não admite mais 2 mil demissões e tão pouco o fechamento do Centro Industrial Subaé (CIS), sediado em Feira de Santana.

Marcos Lima falou ainda das obras paralisadas, a exemplo do Centro de Convenções de Feira de Santana e lamentou que o governo tenha adotado essa postura pós-eleições. “É inadmissível o que está acontecendo na Bahia”, frisou o vereador, que ainda destacou a importância do CIS para o Município. Vale lembrar que poderão ser fechados também o SUDIC e a Conder.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109955 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]