Feira de Santana: Museu Parque do Saber comemora uma década de existência

Foi comemorada a primeira década de existência, com uma homenagem especial a todos os envolvidos com o projeto inicial.
Foi comemorada a primeira década de existência, com uma homenagem especial a todos os envolvidos com o projeto inicial.
Foi comemorada a primeira década de existência, com uma homenagem especial a todos os envolvidos com o projeto inicial.
Foi comemorada a primeira década de existência, com uma homenagem especial a todos os envolvidos com o projeto inicial.

Observar as estrelas e as constelações presentes no céu feirense nunca mais foi a mesma coisa depois do dia 15 de dezembro de 2008. E até hoje, 10 anos depois, ainda não é. O motivo é a tecnologia presente no planetário do Museu Parque do Saber Dival da Silva Pitombo, em Feira de Santana, que há uma década mantém a excelência em seu material e serviço.

Nesta terça-feira (11/12/2018), foi comemorada a primeira década de existência, com uma homenagem especial a todos os envolvidos com o projeto inicial. Na oportunidade, o prefeito Colbert Martins Filho destacou a importância do equipamento para o fomento da cultura e educação na cidade.

O evento também contou com as presenças do idealizador César Orrico, os arquitetos Arcênio Oliveira e José Reinaldo, o ex prefeito José Ronaldo de Carvalho e o diretor do Museu, Basílio Fernandez.

Ao longo de 10 anos, com cerca de aproximadamente 400 mil visitas, o Museu se tornou um importante ponto turístico e pedagógico. O grande atrativo do Parque do Saber é seu planetário, com um equipamento especializado em projeções fulldome e 12 filmes em seu catálogo. Abordando diversos temas entre ciência e cultura, a imersão nas histórias é garantida. O Museu, contendo um foyer preparado para receber eventos e obras de arte, também tem contribuído bastante para fomentar a cultura e as artes na cidade.

Filho de Dival Pitombo destaca homenagem

Levando o nome Dival da Silva Pitombo, é uma homenagem a um grande incentivador de atividades culturais em Feira de Santana. Seu filho, Giorgio Trindade Pitombo, estava presente na comemoração do aniversário, e destacou a importância do nome do pai em um local que movimenta a cultura.

“Na época em que o ex-prefeito resolveu nomear o Museu com essa homenagem ao Dival Pitombo, foi um marco muito importante, porque ele sempre lutou pela cultura aqui em Feira, quando era praticamente sozinho. Então é um reconhecimento terem criado esse espaço com o nome dele. Um espaço que abriga eventos e traz a cultura para nossa cidade. Isso é sempre motivo de muito orgulho”, comenta.

Documentário sobre o museu foi apresentado

Contar os feitos de uma década em uma noite é quase impossível, mas o documentário “Parque do Saber: Uma década de descobertas” teve a tarefa de relembrar as dificuldades, as histórias e como está sendo conduzido esse projeto alguns anos depois. “Ele fez uma síntese e apresentou importantes momentos que aconteceram, mas que acabaram se tornando atuais. E ter sido apresentado no planetário foi uma coisa muito interessante porque ficou como se fosse a teoria e a prática. Acabou sendo muito oportuno, foi o ponto alto da noite”, conta o diretor Basílio Fernandez.

O documentário será disponibilizado em episódios nas redes sociais do Museu Parque do Saber ao longo do mês de dezembro, como uma forma de festejar com todos que acompanham o dia a dia do espaço nesses 10 anos.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108072 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]