Prefeitura de Feira de Santana já beneficiou mais de 200 mulheres com cirurgia de gigantomastia

Mais de 200 mulheres feirenses já foram contempladas com cirurgia reparadora de mama através do Programa Municipal de Tratamento das Gigantomastias realizado no Hospital Inácia Pinto dos Santos.
Mais de 200 mulheres feirenses já foram contempladas com cirurgia reparadora de mama através do Programa Municipal de Tratamento das Gigantomastias realizado no Hospital Inácia Pinto dos Santos.
Mais de 200 mulheres feirenses já foram contempladas com cirurgia reparadora de mama através do Programa Municipal de Tratamento das Gigantomastias realizado no Hospital Inácia Pinto dos Santos.
Mais de 200 mulheres feirenses já foram contempladas com cirurgia reparadora de mama através do Programa Municipal de Tratamento das Gigantomastias realizado no Hospital Inácia Pinto dos Santos.

Mais de 200 mulheres feirenses já foram contempladas, desde 2010, com cirurgia reparadora de mama através do Programa Municipal de Tratamento das Gigantomastias realizado no Hospital Inácia Pinto dos Santos (HIPS), o Hospital da Mulher de Feira de Santana.

Único no país, o programa é totalmente custeado pelo Poder Público Municipal através da Fundação Hospitalar de Feira de Santana (FHFS) e atende exclusivamente mulheres que residam na cidade. Além disso, a prioridade são pacientes que estejam em situação de vulnerabilidade econômico-social, além de ser mãe, maior de idade e com mamas com peso superior a 4 quilos, critérios da triagem bianual.

Segundo o coordenador do programa, o médico cirurgião-plástico César Kelly VillaFuerte Velez, após a retirada do excesso das mamas “as mulheres se sentem renovadas e passam a ter uma vida muito melhor, uma autoestima e uma vida sexual completamente melhoradas”.

O médico pontua também que a iniciativa municipal é um exemplo a ser seguido por outras prefeituras do Brasil. “Os estados já poderiam ter seus próprios programas, pois trata-se de um problema de saúde pública e tem como diferencial proporcionar apoio às mulheres”, salienta César Kelly.

Seriedade no critério de seleção

Presente ao evento de celebração realizado no mezanino do HIPS, na manhã desta terça-feira, (13/11/2018), o prefeito Colbert Martins Filho assegurou a continuidade do programa e ressaltou a seriedade dos critérios para a seleção das pacientes.

“A Prefeitura faz todo o esforço e atende todas as mulheres que buscam essa cirurgia especial não ofertada em outros hospitais, a exemplo do Estado. Além disso, respeitamos os critérios de seleção e entendemos que esses recursos do município devem ser aplicados com as mulheres daqui de Feira para que elas tenham uma vida normal, digna”.

Em dezembro do ano passado mais de 150 mulheres participaram da triagem no Hospital da Mulher e 60 foram selecionadas para a realização da mamoplastia redutora.

Após retirar sete quilos de mama, Itamara relata mudança na qualidade de vida

“Não sei mais o que é falta de ar, vestir roupa com dificuldade ou até mesmo não encontrar um sutiã que caiba em mim”, relata a moradora do Bairro Asa Branca, Itamara Santana Ribeiro, 31 anos, submetida à cirurgia reparadora no mês de agosto deste ano. Ela não esconde o antigo sofrimento e afirma que até a higiene pessoal era prejudicada. “Agora minha autoestima foi lá para cima após retirar 7 quilos de mama”, conta expressando o sorriso no rosto.

Liliane vive expectativa de se livrar das dores de coluna

No aguardo do cronograma de cirurgias que ocorre duas ou até quatro vezes ao mês, a dona de casa do conjunto Feira X, Liliane da Mota Carvalho, não vê a hora de ficar livre das dores na coluna. “Tem dia que eu não consigo pegar o mínimo de peso, sem contar a minha autoestima que vai lá para baixo”, desabafa.

“Hoje sou outra pessoa”, relata Aparecida

Outra paciente fez questão de marcar presença nas comemorações, a comerciária Aparecida Brito, e conscientizar as mulheres selecionadas para aguardar tudo com tranquilidade até ser chamada para a cirurgia.

“Confiem que vocês vão fazer a cirurgia. Deu certo comigo e hoje sou outra pessoa após esse médico e esse programa mudarem a minha vida”, afirma. Após duas tentativas em triagens, Aparecida foi selecionada e submetida ao processo cirúrgico em abril deste ano.

Após o processo de triagem, as mulheres selecionadas passam por mais duas etapas: a visita do assistente social até à casa das mesmas e a realização de exames solicitados antes da cirurgia, como eletrocardiograma (ECG), hemograma, do pulmão e mamografia.

Exames totalmente custeados pelo Município

Segundo Gilberte Lucas, presidente da Fundação Hospitalar de Feira de Santana (FHFS), os exames são totalmente custeados pela Prefeitura e as cirurgias selecionadas ocorrem durante todo o ano.

“O apoio da Prefeitura é fundamental para a realização da operação, já que todo o custeio é cem por cento da gestão municipal via Fundação Hospitalar”, explica a gestora.

Diante da seriedade do trabalho do cirurgião pelo Programa Municipal de Tratamento das Gigantomastias, no dia 29 deste mês a Câmara Municipal de Feira de Santana presta homenagem ao médico César Kelly com a outorga da Comenda Doutor Gastão Guimarães, em sessão solene a ser realizada às 19:30 horas, no plenário da Casa Legislativa.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109881 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]