Prefeito Colbert Martins sanciona lei que declara manifestações culturais como patrimônio Imaterial de Feira de Santana

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Manifestações culturais agora são Patrimônios Histórico-Cultural Imaterial da cidade de Feira de Santana.
Manifestações culturais agora são Patrimônios Histórico-Cultural Imaterial da cidade de Feira de Santana.

A poesia, a capoeira, o repente, os contos populares, a literatura de cordel, o forró, a chula, o aboio e a toada agora são Patrimônios Histórico-Cultural Imaterial da cidade de Feira de Santana. O reconhecimento veio por meio da Lei Municipal Nº 3.898, de 20 de novembro de 2018.

A lei, de autoria do vereador Cadmiel Mascarenhas Pereira, foi aprovada na Câmara Municipal e sancionada pelo prefeito Colbert Martins Filho.

O texto da Lei foi publicado no Diário Oficial nesta sexta-feira (23/11/2018). A legislação entra em vigor a partir desta publicação.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 122938 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.