Miguel de Unamuno y Jugo

Miguel de Unamuno y Jugo

Miguel de Unamuno y Jugo (Bilbau, 29 de setembro de 1864 – Salamanca, 31 de dezembro de 1936) foi um ensaísta, romancista, dramaturgo, poeta e filósofo espanhol. Foi também deputado entre 1931 a 1933 pela região de Salamanca.

Miguel de Unamuno y Jugo (Bilbau, 29 de setembro de 1864 – Salamanca, 31 de dezembro de 1936) foi um ensaísta, romancista, dramaturgo, poeta e filósofo espanhol. Foi também deputado entre 1931 a 1933 pela região de Salamanca. É o principal representante espanhol do existencialismo cristão, sendo conhecido principalmente por sua obra O sentimento trágico da vida, que lhe valeu a condenação do Santo Ofício. Foi nomeado reitor da Universidade de Salamanca três vezes; a primeira vez em 19002 e a última, de 1931 até sua demissão, em 22 de outubro de 1936, por ordem de Franco. Passou seus últimos dias de vida em prisão domiciliar.