Circuito Luiz Orlando de exibição será inaugurado no Bairro de Brotas, em Salvador

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Circuito Luiz Orlando de Exibição homenageia o cineclubista e ativista negro.
Circuito Luiz Orlando de Exibição homenageia o cineclubista e ativista negro.
Circuito Luiz Orlando de Exibição homenageia o cineclubista e ativista negro.
Circuito Luiz Orlando de Exibição homenageia o cineclubista e ativista negro.

Como parte das celebrações pelo Mês da Consciência Negra, será inaugurado no final do mês de novembro, na Escola Cultural Luiz Viana, no Bairro de Brotas, em Salvador, o Circuito Luiz Orlando de Exibição, que homenageia o cineclubista e ativista negro. O lançamento, por meio da DIMAS, acontece no âmbito do ‘Novembro das Artes Negras’, evento da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), órgão da Secretaria de Cultura (SecultBA).

O Circuito Luiz Orlando consiste em pontos de exibição gratuitos – inicialmente em 85 Escolas culturais da capital e do interior – voltados para a mostra de obras brasileiras, em especial baianas. A atividade tem como prioridade trabalhar com as unidades escolares e é destinada aos alunos. O circuito integra o projeto Escolas Culturais, que reúne ações culturais e educacionais, através das secretarias de Cultura (SECULT-BA), Educação (SEC), de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e Casa Civil.

Distribuição de filmes

Para dinamizar escolas públicas da rede de ensino, a SecultBA, por meio da Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura (SUDECULT) e Funceb, via Diretoria de Audiovisual (Dimas), está entregando, desde o início do mês, 85 kits, contendo 18 DVDs e cerca de 37 filmes brasileiros, para comunidades em 27 Territórios de Identidade da Bahia.

A chegada dos filmes nas escolas de vários municípios, com destaque para os filmes baianos, frutos do fomento que a SecultBA vem fazendo através dos Editais, incrementa a cultura no estado. Os kits, com filmes patrocinados pelo Fundo de Cultura, vão ampliar o circuito de difusão e exibição do cinema na Bahia, além de contribuir com uma programação contínua de audiovisual na escola.

Escolas Culturais

O projeto foi instituído através da Portaria nº 115, de 14 de julho de 2016, da SECULT, e é desenvolvido por meio da iniciativa interinstitucional firmada entre as secretarias da Educação (SEC), da Cultura (SecultBA), de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e Casa Civil. Sob a coordenação da Secult Bahia, o projeto abrange 85 unidades escolares, em 85 municípios, nos 27 Territórios de Identidade da Bahia. As Escolas Culturais oferecem atividades nas áreas de dança, arte literária, música e audiovisual. O projeto faz parte do programa Educar para Transformar.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113512 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]