Centro de Operações Espaciais garantirá serviços prestados pelo SGDC; Unidade é inaugurada no Rio de Janeiro

Centro de Operações Espaciais (COPE-S) atua como backup da operação do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicação Estratégica (SGDC) e é sediado no Rio de Janeiro.
Centro de Operações Espaciais (COPE-S) atua como backup da operação do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicação Estratégica (SGDC) e é sediado no Rio de Janeiro.

O Centro de Operações Espaciais (COPE-S), que atuará como backup da operação do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicação Estratégica (SGDC) foi inaugurado na última segunda-feira (19/11/2020), no Rio de Janeiro. O Centro de Operações garantirá o funcionamento, a operação e todos os serviços prestados pelo SGDC em caso de impedimento do Centro de Operações Espaciais Principal (Cope-P), localizado em Brasília.

“Avança mais uma etapa de um projeto que irá trazer uma transformação relevante ao Brasil. Nossa ideia é que possamos deixar um País melhor. Não é apenas na qualidade de vida das pessoas, mas também na qualidade dos serviços públicos prestados a todos”, afirmou o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Gilberto Kassab.

O ministro lembrou ainda que o SGDC permitirá a implantação do programa Internet para Todos e o monitoramento das fronteiras brasileiras, ampliando as ações de combate ao crime organizado. “Esse projeto proporciona a qualquer canto do país, qualquer município, banda larga gratuita de alta capacidade. Qualquer equipamento público no Brasil, seja ele municipal, estadual ou da União, poderá contar com internet de alta velocidade, melhorando sensivelmente os serviços de saúde, a qualidade do diagnóstico e a educação de nossas crianças”, ressaltou.

“Trata-se da proteção à soberania nacional, à medida em que a comunicação via satélite constitui um recurso escasso, de alta complexidade tecnológica e vital para a defesa dos interesses nacionais e para o desenvolvimento econômico, social e político do País”, disse o presidente da Telebras, Jarbas Valente.

Centro de Operações Espaciais (COPE-P)

O ministro Gilberto Kassab também vistoriou o Centro de Operações Espaciais Principal (Cope-P), que será inaugurado no dia 27 de novembro. Instalado numa área de 15 mil metros quadrados na organização da Força Aérea em Brasília, lembra o formato de um satélite e já conta com a antena principal posicionada em local definitivo.

O centro possui cinco gateways, estações que fazem a interconexão entre o satélite e os clientes. São estações do segmento terrestre do SGDC, assim como os centros de operações espaciais, que ficam em Brasília e no Rio de Janeiro. Sem as gateways, torna-se impossível o atendimento aos clientes, pois as estações são imprescindíveis para estabelecer conectividade em banda larga, levando, assim, a internet até os lugares de difícil acesso. Elas estão instaladas em Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ), Florianópolis (SC), Campo Grande (MS) e Salvador (BA).

O sistema do SGDC conta ainda com oito Estações CMS – Carrier Monitoring System (Sistema de Monitoramento de Tráfego, em português), espalhadas por locais estratégicos do território nacional, que estão concluídas e com equipamentos instalados. Elas servem para realizar a telemetria do SGDC.

Centro de Operações Espaciais (COPE-S) atua como backup da operação do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicação Estratégica (SGDC) e é sediado no Rio de Janeiro.
Centro de Operações Espaciais (COPE-S) atua como backup da operação do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicação Estratégica (SGDC) e é sediado no Rio de Janeiro.
Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116505 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.