Eleições 2018: Vamos pacificar o Brasil para retomar o crescimento, diz governador Rui Costa logo após votação

Angelo Coronel, Rui Costa e João Leão durante votação em Salvador.
Angelo Coronel, Rui Costa e João Leão durante votação em Salvador.
Angelo Coronel, Rui Costa e João Leão durante votação em Salvador.
Angelo Coronel, Rui Costa e João Leão durante votação em Salvador.

“É hora de construir a unidade do país, pacificar o Brasil. O país precisa de paz para retomar o crescimento, retomar a credibilidade internacional perdida. E é isso que eu vou ajudar a construir com os outros governadores. A construção de um cenário de harmonia e paz, e que a gente consiga fazer as reformas que o Brasil precisa, aglutinando e pacificando o país.” O compromisso anunciado reflete o ânimo do governador Rui Costa, candidato petista à reeleição, hoje (07/10/2018), logo após votar no Colégio Estadual Duque de Caxias, no bairro da Liberdade.

O governador chegou pouco depois das 10 horas no local de votação, com a primeira-dama Aline Peixoto e as filhas Marina e Malu. Votou pouco antes do meio-dia, após aguardar na fila, como qualquer cidadão. Também na comitiva que acompanhou o candidato petista, os postulantes ao cargo de vice-governador, João Leão, e a senador, Angelo Coronel, além de líderes partidários da coligação e candidatos a deputado federal e estadual. Jaques Wagner, candidato petista a senador, votou na cidade de Andaraí, Chapada Diamantina, por volta das 11h. Volta ainda hoje para Salvador.

Logo após a votação, Rui falou com a imprensa presente, quando assegurou a participação ativa no segundo turno das eleições, dedicado à campanha nacional. “Já nesta terça, vou a São Paulo para me encontrar com os outros governadores eleitos e fazer uma reunião para definir as estratégias da campanha. Muita notícia falsa foi pregada nesses últimos dias contra Fernando Haddad, mas no segundo turno vai ser possível mostrar a capacidade de gerenciar o Brasil, de um e de outro candidato”, garantiu o candidato que detém mais de 80% da preferência nos votos válidos.

Sobre Carlos Augusto 9707 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).