Eleições 2018: Governador Rui Costa prega humildade e pede paz na reta final de campanha

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Rui Costa: nesta reta final da campanha, quero deixar uma mensagem de esperança, de confiança no nosso estado, nosso país. Desejo um Brasil de paz e harmonia, de mais valores da família. Um país em que o ser humano se volte para fazer o bem ao próximo. Vamos votar com alegria no coração, e dar uma expressiva vitória ao 13.
Rui Costa: nesta reta final da campanha, quero deixar uma mensagem de esperança, de confiança no nosso estado, nosso país. Desejo um Brasil de paz e harmonia, de mais valores da família. Um país em que o ser humano se volte para fazer o bem ao próximo. Vamos votar com alegria no coração, e dar uma expressiva vitória ao 13.
Rui Costa: nesta reta final da campanha, quero deixar uma mensagem de esperança, de confiança no nosso estado, nosso país. Desejo um Brasil de paz e harmonia, de mais valores da família. Um país em que o ser humano se volte para fazer o bem ao próximo. Vamos votar com alegria no coração, e dar uma expressiva vitória ao 13.
Rui Costa: nesta reta final da campanha, quero deixar uma mensagem de esperança, de confiança no nosso estado, nosso país. Desejo um Brasil de paz e harmonia, de mais valores da família. Um país em que o ser humano se volte para fazer o bem ao próximo. Vamos votar com alegria no coração, e dar uma expressiva vitória ao 13.

“Nesta reta final da campanha, quero deixar uma mensagem de esperança, de confiança no nosso estado, nosso país. Desejo um Brasil de paz e harmonia, de mais valores da família. Um país em que o ser humano se volte para fazer o bem ao próximo. Vamos votar com alegria no coração, e dar uma expressiva vitória ao 13.” A mensagem do governador Rui Costa, candidato petista à reeleição, nesta segunda (01/10/2018), a seis dias da votação, foi veiculada em entrevista para emissoras de rádio do interior do estado. Rui deixou claro que afasta qualquer clima de ‘já ganhou’, e vai seguir com humildade e respeito pelos eleitores e adversários.

Para Rui, “raiva, ódio e violência não ajudam em nada” o povo que busca desenvolvimento e quer voltar a ser feliz. O governador candidato à reeleição defende que “para o Brasil voltar a crescer, é fundamental estimular a fraternidade e o respeito”, em contraponto ao radicalismo político de grupos que vêm acirrando a disputa eleitoral com agressivos ataques aos adversários.

Durante toda a segunda-feira, Rui concedeu entrevistas a veículos do interior do estado. A primeira foi à Rádio Jovem Pan de Feira de Santana, seguida da Rádio Subaé AM de Feira de Santana. Às 12h30 foi a vez da Mix Bahia FM de Conceição do Jacuípe, antes da Princesa FM de Feira de Santana. Fim da tarde, às 18h50, o candidato fala para espectadores da TV Band para toda a Bahia (TV aberta, canal 7). Amanhã (2), às 22 horas, Rui participa do debate na Rede Bahia.

Sobre Carlos Augusto 9656 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).