Eleições 2018: Deputado federal do Democratas diz que Jair Bolsonaro é um saco vazio e um louco que defende massacre de pessoas; “não vamos pedir para o povo ser desinteligente e votar nele”, diz; Confira vídeo

Elmar Nascimento: Não vamos exigir do povo brasileiro que vote em louco como Jair Bolsonaro e jogar o Brasil em um abismo. Não vamos pedir para o povo ser desinteligente e votar nele.
Elmar Nascimento: Não vamos exigir do povo brasileiro que vote em louco como Jair Bolsonaro e jogar o Brasil em um abismo. Não vamos pedir para o povo ser desinteligente e votar nele.
Elmar Nascimento: Não vamos exigir do povo brasileiro que vote em louco como Jair Bolsonaro e jogar o Brasil em um abismo. Não vamos pedir para o povo ser desinteligente e votar nele.
Elmar Nascimento: Não vamos exigir do povo brasileiro que vote em louco como Jair Bolsonaro e jogar o Brasil em um abismo. Não vamos pedir para o povo ser desinteligente e votar nele.

Em entrevista ao radialista Mário Kertész, na Rádio Metrópole FM de Salvador, o deputado federal Elmar Nascimento (DEM/BA) diz que conhecer o deputado federal e candidato a presidente da República Jair Bolsonaro (PSL/RJ) e que o avalia candidato como “um saco vazio”.

“O Bolsonaro é uma espécie de voto de protesto e o eleitor se comporta de uma forma que, se Bolsonaro fosse candidato ao Parlamento, seria o mais votado do Brasil. Agora, para votar ao Executivo, as pessoas querem saber das ideias, querem saber da economia. […] Bolsonaro é como se fosse um saco vazio. Não tem condições de vir aqui ser entrevistado por você. Não podemos jogar o Brasil no abismo. Se você tiver uma pessoa tipo Haddad e Bolsonaro disputando o segundo turno, a eleição é do PT. A gente não vai exigir do cidadão brasileiro que seja desinteligente e deixe de votar em alguém que, por mais que a gente discorde da ideologia, para votar em um louco [como Jair Bolsonaro]”, afirmou Elmar Nascimento, em entrevista à Rádio Metrópole, concedida em 20 de julho de 2018.

Confira vídeo

Sobre Carlos Augusto 9707 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).