Última etapa da Mostra Devires promove ações artísticas que evidenciam a diversidade de existências

Maria Tuti Luisão performa ‘Cualquiera! Cualquier cosa sobre todo en mi.
Maria Tuti Luisão performa ‘Cualquiera! Cualquier cosa sobre todo en mi.
Maria Tuti Luisão performa ‘Cualquiera! Cualquier cosa sobre todo en mi.
Maria Tuti Luisão performa ‘Cualquiera! Cualquier cosa sobre todo en mi.

O projeto ‘Devires’ realiza sua terceira e última etapa, concluindo uma série de ações artísticas que propõem um exercício de desnaturalização das relações entre sexo, gênero, visualidade, raça e poder. A mostra segue com mais quatro performances, uma mesa de debate, uma oficina e um show de encerramento, na perspectiva de fazer da arte instrumento de questionamento e fortalecimento mútuo, afirmando a diversidade de corpos, defendendo sua liberdade e urgindo pela dignidade de vozes silenciadas. A programação acontece de 27 a 29 de setembro de 2018 no Goethe-Institut Salvador, aberto ao público.

A mostra se fundamenta, essencialmente, em transgredir, transmutar e subverter qualquer ação que aprisione identidades e personalidades. Coloca em xeque as lógicas hétero e cisnormativas, o machismo, o patriarcado, o racismo, as censuras. Indivíduos na militância artística por uma cidadania mais coletiva e por uma micro política que possa ir penetrando, dia a dia, nas condições de autonomia, intimidade e proteção de todos e todas. A curadoria de Paola Marugán e Juliana Vieira traz, portanto, o corpo para o centro do discurso, abrindo olhar para outros mundos possíveis.

O encerramento do projeto apresenta show da Banda Verona’s formada por quatro mulheres negras e multi-instrumentistas advindas de bairros populares da cidade. A sonoridade flerta com jazz, rock e com a malemolência musical e ancestral da Bahia em seu além-mar, inspirada no corpo feminino, na literatura, na vida diária e popular.

Contemplado pelo Edital de Dinamização de Espaços Culturais, com apoio financeiro do Estado da Bahia, através do Fundo de Cultura, Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda, “Devires” faz da sua casa o Goethe-Institut. O projeto teve sua primeira etapa de 12 a 17 de julho e a segunda, de 9 a 11 de agosto, chegando agora à etapa final, contabilizando então um total de 13 performances, três mesas de debate, três oficinas, uma exposição, uma festa de abertura e um show, com a participação de 24 artistas/militantes da Bahia, do Brasil e do exterior.

Confira a programação

27 de setembro

De 9 às 13 horas: Oficina ‘Território Corpo, Território Terra: oficinação feminista’, ministrada por Damiana Bregalda e Luiza Dias Flores (RS), com 15 vagas.

Às 20 horas: Performance ‘Neblina Canibal’, de Maikon K (PR).

28 de setembro

De 9 às 13 horas: Oficina ‘Território Corpo, Território Terra: oficinação feminista’, ministrada por Damiana Bregalda e Luiza Dias Flores (RS), com 15 vagas.

Às 20 horas: Roberta Nascimento (BA) apresenta ‘Obra em Construção’

 29 de setembro

Às 16 horas: Mesa de debate: ‘Estar Juntas, Sentir Juntas, Construir Juntas’ com Emanuelle Silva (BA), Luise Reis (BA) e Luiza Dias Flores (RS) e mediação de Viviane Vergueiro Simakawa (BA).

Às 19 horas, Maria Tuti Luisão (DF/BA) performa ‘Cualquiera! Cualquier cosa sobre todo en mi’.

Às 20 horas, Sara Elton Panamby (SP/MA) com ‘REBENTAÇÕES: MOVIMENTO #1 dilatação (repartir)’.

Encerramento

Às 21 horas – show da Banda Verona’s (BA).

Agenda

O que: Projeto ‘Desvire’

Quando: 27 a 29 de setembro

Onde: Goethe-Institut

Endereço: Av. Sete de Setembro, 1809 – Corredor da Vitória

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115025 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.