Secretaria Estadual do Turismo aponta desafios para gestão de municípios baianos

Apresentação do Censo Turístico baiano.
Apresentação do Censo Turístico baiano.
Apresentação do Censo Turístico baiano.
Apresentação do Censo Turístico baiano.

A partir da recente ampliação do número de municípios baianos no Mapa do Turismo Brasileiro, a Secretaria Estadual do Turismo (Setur-BA) realizou pesquisa com o propósito de elaborar diagnóstico sobre os avanços do setor, nos últimos anos. As informações fornecidas por 127 cidades servirão de base para o planejamento de políticas públicas de desenvolvimento em 13 zonas turísticas da Bahia.

Os resultados do Censo Turístico foram apresentados durante a reunião de coordenadores das Instâncias de Governança Regional realizada pela Setur nesta terça-feira (11/09/2018), com a participação de empresários e gestores municipais. Dentre os principais indicadores da pesquisa estão questões relacionadas à promoção dos destinos.

“A Bahia tem um vasto território e atrativos diversificados. Elevamos de 118 para 150 o número de municípios turísticos – expansão em torno de 27% – o que exige rigoroso acompanhamento da Setur-BA. O diagnóstico obtido com a pesquisa indica o quanto evoluímos e quais são os desafios da gestão para o poder público e também para a iniciativa privada”, afirmou o secretário estadual do Turismo José Alves.

Cerca de 70% dos municípios turísticos têm Lei Municipal de Turismo vigente e Conselho Municipal de Turismo em atividade, mas apenas 14,2% oferecem incentivos fiscais/tributários para empresas de turismo. Praticamente metade dos destinos monitoram tendências de mercado, mas somente 31,5% são comercializados por agências/operadoras e 21,3% possuem centro de atendimento ao turista.

“Importante aspecto para avaliação da economia do turismo, a taxa de ocupação hoteleira é verificada por apenas 33,1% das localidades turísticas”, destacou o diretor de Regulação e Certificação dos Serviços Turísticos da Setur, Divaldo Borges.

Mais de 43% das cidades têm projetos do setor turístico financiados pelos governos federal e estadual. No governo federal, a maioria dos recursos vem do Ministério do Turismo, enquanto Setur/Bahiatursa são os principais financiadores estaduais, reforçando o papel da Setur de fomento ao turismo.

Também participaram da reunião o professor universitário Edilberto Gargur, que falou sobre o emprego do marketing territorial para o desenvolvimento econômico de áreas turísticas da Bahia; e a diretora de Desenvolvimento Territorial da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (SDE), Juliana Araújo.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109900 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]