Salvador: Superintendência Regional do Trabalho e Marinha do Brasil debatem acidentes aquaviários

Oficias da Marinha do Brasil atuam na defesa naval.

Oficias da Marinha do Brasil atuam na defesa naval.

Atuar em conjunto na análise dos acidentes aquaviários da Bahia. Esse foi o principal ponto debatido pela Superintendência Regional do Trabalho e a Marinha do Brasil em reunião realizada no dia 8 de agosto de 2018 no 2º Distrito Naval, em Salvador.

Durante a reunião, as Instituições firmaram entendimento para que, diante da ocorrência de acidentes marítimos, Auditores Fiscais do Trabalho e especialistas da Marinha possam trocar informações a respeito das investigações dos acidentes, seus fatores e as conclusões sobre os mesmos.

Para a Superintendente Regional do Trabalho na Bahia, Gerta Schultz, essa aproximação entre os órgãos é mais que necessária quando se fala em proteger vidas. “Com essa troca de experiências sobre a prevenção dos acidentes, estamos avançando na proteção da integridade física dos usuários e trabalhadores do meio marítimo. Estamos à disposição para colaborar com qualquer fato que tenha relação com a saúde e segurança de trabalhadores em qualquer ambiente laboral”.

A Superintendência Regional do Trabalho tem a competência de investigar qualquer acidente que envolva tanto os trabalhadores que prestam o serviço como aqueles que utilizam as embarcações como meio de deslocamento para os seus locais de trabalho. O Chefe da Inspeção do Trabalho no Estado da Bahia, o Auditor Fiscal, José Honorino Macedo, explica que com a experiência da investigação do acidente com a lancha Cavalo Marinho I, ocorrido há um ano, a inspeção do trabalho percebeu a necessidade de avançar na garantia de condições mais dignas de transporte dos trabalhadores que utilizam as lanchas na travessia Salvador – Mar Grande, bem como, para aqueles que realizam atividades marítimas, a exemplo do comandante e da tripulação.

O auditor explica, ainda, que a Superintendência sugeriu uma parceria com a Capitania dos Portos para que juntos solicitem melhorias das Instituições a quem compete a regulamentação desse tipo de transporte, já tendo agendado encontro com o Ministério Público do Estado da Bahia e com a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia – Agerba.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]