Secretaria da Educação de Feira de Santana exige medidas legais diante de paralisação de motoristas do transporte escolar

Em nota, Secretaria da Saúde de Feira de Santana esclarece que não é alvo de ação de improbidade.
Em nota, Secretaria da Saúde de Feira de Santana esclarece que não é alvo de ação de improbidade.

Uma paralisação de motoristas que conduzem ônibus do transporte escolar, atendendo a alunos e professores que precisam se deslocar entre a sede do município e a zona rural, na manhã desta quarta-feira (22/08/2018), afetou 5% dos veículos usados para o serviço. A informação é da Secretaria Municipal de Educação de Feira de Santana.

Cerca de 25 motoristas, alegando reivindicações de melhorias salariais, paralisaram o serviço logo no início da manhã, mas logo retornaram ao trabalho.  Eles não são funcionários efetivos da Prefeitura. Estão vinculados a uma cooperativa, licitada para prestar o serviço.

A Secretaria de Educação determinou que a cooperativa adote medidas legais. Não houve formalização de pauta, qualquer discussão sobre reivindicações, nem aviso prévio por parte dos motoristas, que deixaram alunos a esperar, nos diversos pontos de ônibus.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109933 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]