Salvador: Hospital Dia do Roberto Santos atende 500 pacientes no primeiro mês de funcionamento

Fachada do Hospital Dia do Hospital Geral Roberto Santos. Unidade de estadual saúde fica em Salvador.
Fachada do Hospital Dia do Hospital Geral Roberto Santos. Unidade de estadual saúde fica em Salvador.
Fachada do Hospital Dia do Hospital Geral Roberto Santos. Unidade de estadual saúde fica em Salvador.
Fachada do Hospital Dia do Hospital Geral Roberto Santos. Unidade de estadual saúde fica em Salvador.

Aberto em junho de 2018, situado em Salvador, o Hospital Dia do Roberto Santos, atendeu 500 pacientes e realizou 300 cirurgias no primeiro mês de funcionamento. Entre os procedimentos, os mais frequentes são: retirada de cálculo renal, histerectomia, colelitíase (cirurgia da vesícula), herniorrafia e cirurgias proctológicas.

Além desses procedimentos, o Hospital Dia também oferece cirurgia de catarata, remoção de tumores de pele, ligadura de trompa, remoção de varizes, salpingectomia (remoção da trompa de falópio) e cirurgias de mão (síndrome do túnel do carpo, dedo em gatilho, cistos sinoviais).

O Hospital Dia faz parte da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) e tem atendimento totalmente gratuito, via SUS. Para o seu funcionamento, a Sesab investiu cerca de R$ 1,5 milhão.

Localizado no bairro do Cabula, em Salvador, o Hospital Dia conta com 17 leitos e tem capacidade para até 620 cirurgias por mês. A unidade funciona como assistência intermediária entre a internação e o atendimento ambulatorial, para realização de procedimentos clínicos, cirúrgicos, diagnósticos e terapêuticos, que requeiram a permanência do paciente na unidade por um período máximo de 12 horas.

“A implantação do Hospital Dia no Roberto Santos diminuiu significativamente a fila de espera e aumentou a rotatividade de atendimentos. Por exemplo, um paciente que faz cirurgia de cálculo renal, pode ir para casa no mesmo dia, tratando a patologia de forma mais precoce”, comentou José Admirço , diretor geral do Hospital Geral Roberto Santos.

Há duas maneiras de acesso. O paciente pode ter o atendimento através de uma triagem feita no ambulatório do hospital, na qual é encaminhado para o hospital dia ou pela lista única. Neste segundo caso as secretarias municipais de saúde cadastram os pacientes que possuem o perfil dos serviços oferecidos na unidade. De acordo com a disponibilidade, a Central de Regulação encaminha o paciente para ser atendido pelo serviço correspondente. Com isso, evita-se a espera das internações hospitalares e a utilização de leitos por pacientes que necessitam de procedimentos cirúrgicos de menor complexidade.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115143 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.