Governador Rui Costa, SESAB Bahia e PLANSERV são vítimas de fraude através de adulteração de documento público; ‘Fake News’ sobre PLANSERV objetiva atingir governo e imagem do governante 

Pessoas inescrupulosas fraudaram documento público e promoveram Fake News contra o PLANSERV, SESAB e o governador Rui Costa.
Pessoas inescrupulosas fraudaram documento público e promoveram Fake News contra o PLANSERV, SESAB e o governador Rui Costa.
Pessoas inescrupulosas fraudaram documento público e promoveram Fake News contra o PLANSERV, SESAB e o governador Rui Costa.
Pessoas inescrupulosas fraudaram documento público e promoveram Fake News contra o PLANSERV, SESAB e o governador Rui Costa.

O Jornal Grande Bahia (JGB) recebeu de fonte, nesta quinta-feira (30/08/2018), cópia de documento fraudulento em que é apresentada ilegal montagem do Diário Oficial da Bahia, cuja finalidade é induzir membros da comunidade a acreditar que a Secretaria Estadual da Saúde da Bahia (SESAB), sob ordens do governador, determinou o encerramento do Plano de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos Estaduais da Bahia (PLANSERV).

A fraude, que se tornou um ‘Fake News Viral’ (notícia falsa de ampla repercussão), objetivou comprometer a imagem do governador Rui Costa (PT), ao colocar o nome dele como responsável pela falsa medida de extinção do PLANSERV.

O caso pode se tornar motivo de investigação federal, se considerar que a fraude ocorre em período eleitoral e o fato do governador ser candidato à reeleição, ou seja, ocorre tentativa criminosa de comprometer negativamente a imagem de Rui Costa através de Fake News, com uso de documento público adulterado.

Secretário alerta contra fraude

Sobre o caso, o secretário estadual de Comunicação do Estado, André Curvello, alertou que a notícia sobre a extinção é uma mentira.

“O Planserv está cada vez mais forte, mais moderno e eficiente. Já são 512 mil vidas, é o maior plano do Norte e Nordeste. E vai ficar cada vez melhor e mais forte”. Segundo secretário, em período eleitoral, a tendência é que se intensifique a produção das notícias falsas. “É preciso muita atenção dos veículos de comunicação e da sociedade. Temos que combater esse crime. A Secretaria de Segurança Pública está atenta para identificar os criminosos”, afirmou André Curvello.

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9383 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).