ABI Nacional emite Nota de Pesar em memória de Otávio Frias Filho

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Nota de Pesar da ABI Nacional em memória de Otávio Frias Filho.
Nota de Pesar da ABI Nacional em memória de Otávio Frias Filho.
Nota de Pesar da ABI Nacional em memória de Otávio Frias Filho.
Nota de Pesar da ABI Nacional em memória de Otávio Frias Filho.

A Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional) emitiu, nesta terça-feira (21/08/2018), nota de pesar em memória do jornalista Otávio Frias Filho, ex-diretor de redação do Jornal Folha de São Paulo, diretor editorial do Grupo Folha, e um dos sócios-herdeiros do grupo de comunicação.

Assinada pelo jornalista Domingos Meirelles, presidente da ABI Nacional, a homenagem póstuma expressa profundo pesar com o falecimento do jornalista Otávio Frias Filho, presta solidariedade à família e decreta luto de três dias pela morte de um dos sócios mais destacados, filiado a cerca de quatro décadas a entidade.

Atuação destacada no jornalismo

O jornalista, escritor e ensaísta Otavio Frias Filho, de 61 anos, morreu nesta terça-feira (21), em São Paulo, em decorrência de tumor no pâncreas. Ele estava internado no Hospital Sírio Libanês, na capital paulista quando foi à óbito

Por 34 anos o jornalista comandou a Folha de S. Paulo, promovendo mudanças e buscando atualizações. Era conhecido por ser um inquieto. Foi um dos responsáveis pela implantação do ‘Manual da Folha’, que define o estilo característico do veículo.

Formado em direito e com pós-graduação em ciência política, escreveu peças de teatro e livros. Nos últimos anos, escrevia uma coluna no caderno Ilustríssima, de cultura.

Confira teor da Nota de Pesar emitida pela ABI

A Associação Brasileira de Imprensa expressa profundo pesar com o falecimento do jornalista Otávio Frias Filho, Diretor de Redação da Folha de S. Paulo, e solidariza-se com sua família diante dessa perda irreparável.

A ABI decreta luto de três dias pela morte de um dos seus sócios mais ilustres, que há cerca de 40 anos era filiado à entidade.

Otávio Frias Filho foi um jornalista brilhante, apaixonado pelo seu ofício, que jamais deixou de participar das discussões que permeavam o exercício da profissão. Um dos seus traços marcantes era o rigor que cultivava em relação à precisão na apuração do noticiário que devia reproduzir os fatos com extrema precisão. O refinamento intelectual, o zelo com o cuidado das fontes e a firmeza das posições que o jornal assumiu, nos últimos anos, acabaram transformando a Folha de S. Paulo em uma das publicações mais respeitadas do País. Ao criar o Manual de Redação da Folha estabeleceu também novos paradigmas no fazer jornalístico. As normas adotadas pela Folha multiplicaram-se por vários outros veículos confirmando o olhar diferenciado que possuía em relação ao papel do jornal como legítimo instrumento de captação da realidade.

A morte de Tavinho, como era tratado carinhosamente pelos mais íntimos, deixa a imprensa brasileira ainda mais órfã num momento em que a linha do nosso horizonte mostra-se cada vez mais enevoada e difusa . As suas reflexões e seu exemplo ético deixarão um enorme vazio não só na redação da Folha como na vida política brasileira. Através de um texto primoroso, suas reflexões tinham o condão de iluminar sempre o melhor caminho para todos nós.

Cordialmente,

Domingos Meirelles, presidente da ABI

Rio de Janeiro, 21 de agosto de 2018.

Sobre Carlos Augusto 9652 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).