Profissionais de educação realizam ato pela liberdade do ex-presidente Lula em Salvador

Protesto em defesa da liberdade do ex-presidente Lula ocorre em Salvador.
Protesto em defesa da liberdade do ex-presidente Lula ocorre em Salvador.
Protesto em defesa da liberdade do ex-presidente Lula ocorre em Salvador.
Protesto em defesa da liberdade do ex-presidente Lula ocorre em Salvador.

Em parceria com pais e estudantes, profissionais de educação básica e superior da Bahia promovem nesta quarta-feira (18/07/2018), às 19 horas, o “Ato da Educação Baiana por Lula Livre”. Durante o evento, que será realizado no auditório do Colégio Sagrado Coração de Jesus, em Nazaré, serão coletadas assinaturas para um manifesto em favor da libertação do ex-presidente, e será iniciada também uma campanha de esclarecimentos nas escolas e universidades, mobilizando educadores e estudantes, em prol de ações em defesa do direito de Lula de ser candidato e pela preservação da democracia.

Para o professor da UFBA, Penildon Silva Filho, que é também um dos articuladores da iniciativa, o evento se justifica na necessidade de reunir pessoas em defesa do ensino público. “É o nosso dever apoiar Lula por todo o trabalho que já realizou no campo da educação e das políticas sociais desenvolvidas durante os governos dele e de Dilma. Eles foram os presidentes que mais criaram instituições federais de ensino superior na história do país, chegando a 18 novas universidades”, afirmou.

Além disso, Penildon lembra que no período de gestão de Lula e Dilma foi criado o Programa de Reestruturação das Universidades Federais (Reuni), que apoiou a expansão da rede federal e a ampliação das vagas. Na Bahia, por exemplo, havia somente a UFBA e atualmente existem as Universidades Federais do Recôncavo, do Vale do São Francisco, do Sul da Bahia, do Oeste da Bahia e a Unilab.

“Muitos desses avanços podem ser destruídos com os retrocessos trazidos pelo governo golpista com a PEC 95, que congelou os investimentos em políticas sociais por 20 anos; com a reforma do ensino médio, que precariza e privatiza a educação pública; e os cortes nas universidades e institutos federais. O ato vem exatamente em defesa do político que pode lutar junto conosco para que possamos continuar crescendo, principalmente na educação de nosso país”, defendeu Penildo.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111136 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]