Novo mobiliário urbano garante mais conforto e segurança para usuários de transporte público de Feire de Santana

Novos abrigos de passageiros do sistema de transporte público de Feira de Santana foram implantados.Novos abrigos de passageiros do sistema de transporte público de Feira de Santana foram implantados.
Novos abrigos de passageiros do sistema de transporte público de Feira de Santana foram implantados.

Novos abrigos de passageiros do sistema de transporte público de Feira de Santana foram implantados.

Com o objetivo de oferecer mais conforto e segurança, 50 novos abrigos para parada rápida em ponto de ônibus urbano do Sistema Integrado de Transporte (SIT) e também do novo Sistema de Transporte Público Alternativo e Complementar (STPAC), que passa a operar nos próximos meses, foram instalados na área urbana e em parte da zona rural de Feira de Santana.

O investimento da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), foi de R$ 230.500 mil com recursos próprios na fabricação de dois tipos de estrutura do mobiliário urbano: abrigos nas dimensões 3 metros por 2,5 e 3 metros por 2.

O novo equipamento possui amplo assento em madeira medindo 2,60m de largura, além de cobertura em chapa galvanizada, estrutura metálica com utilização de tubos com pintura em esmalte sintético e aplicação de base anticorrosiva resistente à ação do tempo.

Dimensões diferenciadas

Segundo o secretário Saulo Figueiredo, além de atender o usuário de transporte público, a opção por dimensões diferenciadas do novo mobiliário adequa-se às calçadas da cidade e prioriza, principalmente, as pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

“Estudos técnicos da SMTT e solicitações da comunidade contribuíram na escolha de cada local de instalação de forma que não comprometesse a locomoção do cidadão e uso do espaço público [calçadas]”, explica o secretário.

Todos os abrigos possuem identidade visual através de padronização com brasão do município aplicado em adesivo semibrilho, impresso em policromia ocupando espaço de 2 metros por 1.

A implantação do novo mobiliário urbano contempla mais de 15 bairros, a exemplo da Asa Branca, Limoeiro, Centro, Pedra do Descanso, Loteamento Pau Brasil, Muchila, Olhos D´água, Conceição, Viveiros, Papagaio, Coronel José Pinto, SIM, George Américo, além de localidades rurais como Candeal I e II.

Nos dá mais segurança

“O abrigo instalado aqui na Presidente Dutra [avenida], próximo ao Colégio Santo Antônio, nos dá mais segurança”, afirma o autônomo Val Costa, que antes, segundo ele, “ficava exposto” ao aguardar o ônibus em um ponto próximo à Escola do Centro de Assistência Social Santo Antônio (Ecassa).

O caminhoneiro e usuário de transporte coletivo, Ramon Santos Barreto, afirma ser importante a renovação do mobiliário urbano de Feira. “O ponto do Ecassa já caiu uma vez e, esse aqui, ficou muito bom”.

Maior proteção

A comunidade que reside nas imediações da Avenida Artêmia Pires ressalta a importância de um dos locais escolhidos para instalação de um novo abrigo, situado ao lado da Igreja Bella Vista.

“A gente passava um sufoco e ficava sem proteção embaixo de sol e chuva. Agora estamos mais protegidos e ficou melhor, principalmente o local”, afirma a diarista Sandra Souza.

Experiência mais agradável

Para a estudante do curso de Direito, Adna de Araújo, o equipamento proporciona uma experiência mais agradável durante a parada rápida do transporte urbano.

“Agora, diariamente, fico sentada no abrigo, sem contar da proteção em períodos chuvosos como este”.

A responsável pela fabricação e instalação dos novos abrigos foi a Delta Indústria e Comércio de Mobiliário Urbano Ltda, empresa vencedora da licitação de n. 325-2017, em pregão presencial n. 207-2017.

Vandalismo

Apesar de todo o esforço do Governo Municipal em renovar o mobiliário urbano, quatro equipamentos deixaram de ser instalados no cronograma de serviços da empresa contratada por conta do furto das bases de sustentação da estrutura.

“Faço um apelo à comunidade que nos ajude a fiscalizar os equipamentos instalados e fomentem a necessidade de zelar pelo patrimônio público”, ressalta Saulo Figueiredo.

Qualquer cidadão pode denunciar à Guarda Municipal através do número 156 e, também, aos órgãos de segurança pública, como a Polícia Militar, ligando 190.

Na oportunidade, a SMTT registrou o ato de vandalismo em boletim de ocorrência na Polícia Civil na 2ª Delegacia Territorial (DT) da Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (1ª Coorpin).

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]