Vila na Copa e Cozinha promove duas edições especiais das Terças Pretas

Cena do espetáculo 'O Ancestral Movimento Sagrado'.
Cena do espetáculo 'O Ancestral Movimento Sagrado'.
Cena do espetáculo 'O Ancestral Movimento Sagrado'.
Cena do espetáculo ‘O Ancestral Movimento Sagrado’.

As duas primeiras semanas do mês de julho começam com duas edições especiais do Terças Pretas, que reúne espetáculos, Feira de Moda e utensílios afro-baianos no Teatro Vila Velha, em Salvador.

Na próxima terça-feira (03/07/2018), às 18 horas, o Grupo Teatral Ayá apresenta o espetáculo ‘O Ancestral Movimento Sagrado’. O coletivo propõe o protagonismo da ancestralidade griot, a oralidade e o corpóreo africano em cena, que interliga o sagrado e o profano através do tambor. Um pulsar que traz à tona a dança primeira dos orixás. Juntando todos esses elementos para recontar a origem do mundo.

No 10 de julho, às 18 horas, o Recital Vozes Negras é a atração convidada do projeto Terças Pretas, no Vila na Copa e Cozinha. O projeto utiliza a poesia e a rica produção literária de escritoras e escritores, para falar de amor, resistência e afirmação, numa apresentação que valoriza o poder da mulher e as escritas femininas. Luciana Sousa, Denise Correia, Fábio Santana, Geovana Costa, Magnno Estevam e do Violonista Mauricio Lourenço.

Por meio de textos que abordam os sentimentos femininos, a reivindicação pela igualdade de direitos e a reflexões sobre o corpo e suas próprias decisões, o recital faz ecoar a histórica luta das mulheres por respeito e autonomia. Entre as escritoras negras destacadas estão Conceição Evaristo, Lívia Natália, Urânia Munzanzu, entre outras mulheres deste país que, em suas obras, revelam as sutilezas do machismo, do racismo e da opressão contra as subjetividades femininas. São textos que falam de amor, de encontros, de resistências e de caminhos de superação.

O Teatro Vila Velha tem o apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia.

Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA)

Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é gerido pelas Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em 4 (quatro) linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Artística e Cultural e Editais Setoriais.

Agenda

O quê: Terças Pretas – Vila na Copa e Cozinha

Quando: 3 e 10 de julho, às 18 horas

Onde: Teatro Vila Velha

Endereço: Avenida Sete de Setembro, s/n – Passeio Público – Campo Grande, Salvador

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108913 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]