União Europeia anuncia tarifas sobre importações americanas

Bloco planeja impor taxas sobre uma série de produtos dos Estados Unidos a partir de julho. Medida é resposta à decisão de Washington de aumentar encargos sobre aço e alumínio europeu.
Bloco planeja impor taxas sobre uma série de produtos dos Estados Unidos a partir de julho. Medida é resposta à decisão de Washington de aumentar encargos sobre aço e alumínio europeu.
Bloco planeja impor taxas sobre uma série de produtos dos Estados Unidos a partir de julho. Medida é resposta à decisão de Washington de aumentar encargos sobre aço e alumínio europeu.
Bloco planeja impor taxas sobre uma série de produtos dos Estados Unidos a partir de julho. Medida é resposta à decisão de Washington de aumentar encargos sobre aço e alumínio europeu.

A União Europeia (UE) anunciou nesta quarta-feira (06/06/2018) que, a partir de julho, vai impor taxas sobre uma série de produtos dos Estados Unidos, em resposta à decisão do presidente americano, Donald Trump, de aumentar as tarifas sobre as importações de aço e alumínio da Europa.

O vice-presidente da Comissão Europeia, Maros Sefcovic, disse que as formalidades para a finalização da lista de produtos devem ser concluídas neste mês e que “as novas tarifas começarão a ser aplicadas a partir de julho”. A demora se deve ao fato de a Comissão Europeia precisar consultar os Estados-membros da UE sobre as medidas planejadas.

A Comissão Europeia planeja inicialmente introduzir tarifas sobre importações americanas no valor de 2,8 bilhões de euros, com a possibilidade de estender posteriormente a lista de produtos afetados. Entre as importações listadas, estão produtos agrícolas americanos, como suco de laranja, além de uísque, manteiga de amendoim, calças jeans e motos.

A decisão da União Europeia foi tomada depois que Trump estipulou taxas de importação de 25% sobre o aço e 10% sobre o alumínio para a UE e outros países. Os danos causados pela taxação americana são avaliados em 6,4 bilhões de euros.

No ano passado, a União Europeia exportou cerca de 5,5 milhões de toneladas de aço para os EUA. Siderúrgicas europeias estão preocupadas com a perda de acesso ao mercado americano e com a substituição por aço de outros países.

Nesta terça-feira, também em retaliação às medidas americanas, o México anunciou sobretaxas sobre uma série de produtos americanos, incluindo carne de porco e uísque.

Em  março, Trump entrou em negociações e suspendeu temporariamente a aplicação das tarifas sobre os dois itens para uma lista de nações que incluía os países da União Europeia, além de Canadá, México, Coreia do Sul, Austrália e Brasil.

Em 31 de maio, Trump anunciou que iria impor as tarifas de importação para Canadá, México e os países da União Europeia. Brasil, Argentina e Austrália continuam isentos das tarifas de aço, mas o Brasil não aparece na lista dos países que permanecem isentos da de alumínio.

*Com informações da Deutsche Welle.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109913 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]