Terceira edição do ‘Cordelizando’ recebe artistas em Salvador

Antônio é o vocalista do grupo 'Em Canto e Poesia', onde divide o palco com seus irmãos Greg e Miguel Marinho, atração confirmada no Cordelizando.

Antônio é o vocalista do grupo ‘Em Canto e Poesia’, onde divide o palco com seus irmãos Greg e Miguel Marinho, atração confirmada no Cordelizando.

Literatura, música, poesia, recitais e bate-papo em um único lugar. Autores da literatura de cordel estarão reunidos para participar da terceira edição do projeto Cordelizando, que será realizada nos dias 7, 8 e 9 de junho de 2018, na Caixa Cultural, em Salvador. O evento é gratuito e o acesso é limitado à capacidade de espaço.

Com vasta programação, o projeto vai reunir diferentes artistas e atividades relacionadas à cultura popular nordestina. Autores de renome nacional participarão do evento discutindo temas específicos, apresentando suas obras. O público vai contar também com declamações e recitais, bate-papos e muita música.

O multi-instrumentista Rodrigo Sestrem é quem começa a festa na quinta-feira, dia 07. Artista múltiplo tem canções gravadas por diversos artistas, como Alcione, Roberta Viana e Leo Pinheiro, além de participações no teatro.

Já no dia 08, sexta-feira, dois nomes roubam a cena do Cordel: Antônio Marinho e Clécio Rimas. Neto de Louro do Pajeú, um dos grandes nomes da cantoria brasileira, Antônio é o vocalista do grupo Em Canto e Poesia, onde divide o palco com seus irmãos Greg e Miguel Marinho, atração confirmada no Cordelizando.

Quanto a Clécio Rimas, que é poeta, glosador, rapper, DJ/produtor e arte-educador nas horas vagas, a expectativa está na diversidade proporcionada pelo próprio autor. Sua arte mistura de cordel à embolada, rap e música eletrônica, e isso será percebido na Mesa 02 – Entre o Rap e o Repente.

Cordel em cena – Poesia com rapadura é o nome do novo livro de Bráulio Bessa, atração de sábado, dia 09. Cearense, a relação com os versos começou muito cedo. Bráulio é presença confirmada no programa da Rede Globo Encontro, com Fátima Bernardes, onde apresenta seu olhar poético sobre os mais diversos temas e representa a cultura nordestina.

O sábado do Cordelizando conta ainda com Flávia Wenceslau, vencedora de dois prêmios Caymmi de música (2007 e 2017), Maria Alice Amorim e seu acervo com mais de sete mil títulos de cordel, mediação de Maviael Melo e participação especial de Raimundo Sodré.

A Terceira edição do Cordelizando é uma realização da Icontent, com patrocínio da Caixa e Governo Federal.

Incentivo à cultura – A CAIXA investiu mais de R$ 385 milhões em cultura nos últimos cinco anos. Em 2018, nas unidades da CAIXA Cultural em Brasília, Curitiba, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo, está prevista a realização de 244 projetos de Artes Visuais, Cinema, Dança, Música, Teatro e Vivências.

A CAIXA Cultural Salvador foi inaugurada em 1999, no prédio datado do século XVII, que já abrigou a antiga Casa de Orações dos Jesuítas e onde, ao longo da história, já trabalharam personalidades como Glauber Rocha, Caetano Velloso e Lina Bo Bardi. Após ser tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e restaurada pela CAIXA, a Casa hoje oferece ao público duas galerias de arte, um anfiteatro, um salão para espetáculos, uma sala para eventos e uma sala de oficinas, constituindo importante espaço de difusão cultural localizado no centro de Salvador.

Agenda

Terceira edição do Cordelizando

Abertura: 7 de junho de 2018

Horário: 7/06 às 19 horas 8 e 9/06 – a partir das 10 horas

Local: Caixa Cultural Salvador (Rua Carlos Gomes, 57, Centro). Entrada Franca, observada a capacidade do espaço – Estacionamento gratuito ao lado: 7 e 8 de junho, a partir das 18 horas, e dia 9 de junho, a partir das 14 horas.

Classificação indicativa: livre

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]