Secretaria da Segurança Pública da Bahia recebe ator ferido em abordagem policial

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Ator Leno Sacramento, acompanhado do advogado.
Ator Leno Sacramento, acompanhado do advogado.
Maurício Barbosa, secretário de Segurança Pública juntamente com a secretária da SEPROMI, Fábia Reis e a secretária da Cultura Arany Santana, recebe representantes do Bando de Teatro Olodum, o ator Leno Sacramento e o advogado.
Maurício Barbosa, secretário de Segurança Pública juntamente com a secretária da SEPROMI, Fábia Reis e a secretária da Cultura Arany Santana, recebe representantes do Bando de Teatro Olodum, o ator Leno Sacramento e o advogado.
Ator Leno Sacramento, acompanhado do advogado.
Ator Leno Sacramento, acompanhado do advogado.

No fim da tarde desta quinta-feira (14/06/2018), o titular da Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP), Maurício Barbosa, reuniu-se com o ator Leno Sacramento e outros integrantes do Bando de Teatro Olodum. O encontro ocorreu no Centro de Operações e Inteligência 2 de Julho (COI), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.

Na pauta da reunião, as medidas que serão tomadas pela SSP sobre uma abordagem realizada por agentes da Polícia Civil, no Relógio de São Pedro, no Centro de Salvador, que culminou em um ferimento à bala na perna do ator, nesta quarta (13).

O cenotécnico Garlei Souza, amigo que o acompanhava na ocasião e que também foi abordado pelos policiais, Leno Sacramento narrou todo o acontecimento para Maurício Barbosa e outras autoridades presentes. “Os fatos serão devidamente apurados e acompanhados com todo o afinco que o caso requer, não somente pela Polícia Civil, mas pela Secretaria da Segurança Pública. Caso seja comprovada, dentro dos ritos, uma ação ilegal dos agentes, os mesmos serão devidamente punidos”, garantiu Barbosa.

Já o delegado-geral da Polícia Civil, Bernardino Brito, destacou que “nós não apoiamos condutas como as que ocorreram ontem. Há uma persistência de nossa parte em capacitar, todos os dias, os policiais, com o intuito de evitar casos de racismo e intolerância protagonizados por membros da corporação. A Corregedoria já está à frente para se ter o melhor resultado possível e se chegar à verdade e às medidas cabíveis”.

Além de Leno e Garlei e outros atores do Bando, estiveram presentes o presidente do Olodum, João Jorge Rodrigues, e o diretor do Teatro Vila Velha, Márcio Meirelles. Também participaram do encontro as secretárias estaduais de Promoção da Igualdade Racial, Fabya Reis, e de Cultura, Arany Santana.

Teatro Vila Velha e o Bando de Teatro Olodum emitiram nota: ‘A cultura da bala transformada em política de segurança fere a arte’

O nosso post de hoje (14/06/20148) deveria ter sido um post de alegria, de força e de esperança. Hoje pela manhã no Teatro tivemos um lindo encontro de vontades para discutir arte, vida e cidadania. E uma das falas apontava exatamente para a necessidade de combater a cruel cultura da bala, disfarçada de política de segurança. E do papel do teatro nesse combate que é urgente.  Horas depois, a cultura da bala, que é racista, não se esqueçam, vitimou um de nossos atores.

Leno Sacramento, do Bando de Teatro Olodum, levou um tiro na perna, durante uma abordagem da polícia civil: Ele estava de bicicleta com um amigo vindo trabalhar no Vila. Os policiais alegam que procuravam dois suspeitos de um assalto.  Durante a abordagem, um policial atirou e a bala atravessou a panturrilha do ator. Leno está vivo, mas ferido de várias maneiras, como todos nós, como sempre.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113746 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]