Posse de dirigentes de entidade fortalece movimento negro em Feira de Santana

Dirigentes da Associação Cultural Moviafro são empossados em evento no Mercado de Arte Popular.
Dirigentes da Associação Cultural Moviafro são empossados em evento no Mercado de Arte Popular.
Dirigentes da Associação Cultural Moviafro são empossados em evento no Mercado de Arte Popular.
Dirigentes da Associação Cultural Moviafro são empossados em evento no Mercado de Arte Popular.

A Associação Cultural Moviafro, que representa 22 blocos afros e afoxés em Feira de Santana, teve seus membros representantes de diversas instituições empossados na noite de sexta-feira (08/06/2018), no Mercado de Arte Popular (MAP). A iniciativa deve fortalecer e unificar grande parte do movimento negro em Feira de Santana.

O presidente da Moviafro, Valmilton Conceição, representante da Escola de Samba Império Feirense, afirma que esse é um momento único para o movimento negro dentro de Feira de Santana. “As principais entidades afro se reúnem para formalizar essa união. O moviafro vem para agregar. Juntar todos para discutir uma situação singular”, afirma.

A diretora do Departamento de Turismo de Feira de Santana, Graça Cordeiro, que representou o secretário de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Antônio Carlos Borges Junior, afirma que, além de fortalecer o debate sobre as questões étnico-raciais, essa unificação irá facilitar o diálogo existente entre prefeitura e o movimento. “Eles têm a proposta de realizar atividades o ano todo e, com essa união, as pautas serão mais condensadas”, pontua.

Os membros do Conselho

Os membros do conselho deliberativo são Waldete Barreiros Lima, representante do Afoxé Filhos de Ogum; Gilberto Pinheiro dos Santos, do bloco Afro Sorriso Negro; Luiz Carlos Souza Silva, do bloco Afro Filhos de Malê e Ronevon de Jesus Silva, representando a Escola de Samba Escravo do Oriente.

A diretoria executiva será composta por Gilvan de Souza Araújo, do Afoxé Filhos de Oxalá – diretor de Operações, Trabalho e Previdência; Erivaldo Soares de Oliveira, do bloco Afro Guerreiros Africanos – diretor de Patrimônio e Marcos Tanferi, do bloco Afro Império Africano, assumindo o cargo de diretor de Assuntos Sociais, Educação e Orientação Cultural.

Na tesouraria, Diana Lima Carneiro, representando o Afoxé Filhos D’oguian; Elisângela Lima, da Escola de Samba Brasil Meu Samba, será secretária e o vice-presidente será Gilson dos Santos Moreira, do bloco Afro Tambores Urbanos.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109996 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor[email protected]