Poetas, escritores, músicos e convidados movimentam Forró Poético no MAC Feira de Santana

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Segunda edição do Forró Poético no MAC.
Segunda edição do Forró Poético no MAC.
Segunda edição do Forró Poético no MAC.
Segunda edição do Forró Poético no MAC.

Ao som do genuíno forró de Luiz Gonzaga, o Museu de Arte Contemporânea Raimundo Oliveira (MAC Feira) ganhou um clima de arraiá junino no último sábado (16/06/2018). Com o tema ‘Dançando Pagode Russo’ foi realizada a segunda edição do Forró Poético. O revezamento entre música, poesia e cordel, agradou em cheio os presentes.

O diretor do museu, Edson Machado, observa que a interseção entre variados gêneros artísticos tem dado resultados positivos em vários eventos promovidos no local. “O MAC é incentivador da cultura, e principalmente da cultura regional” lembrou, citando o incentivo da Fundação Cultural Egberto Costa.

Aos 19 anos, Ingrid Azevedo lança primeiro livro

O Forró Poético também abriu espaço para lançamentos. Aos 19 anos, Ingrid Azevedo lançou no evento seu primeiro livro, intitulado ‘Verde Eu’. A obra reúne poesias que remetem o olhar positivo da jovem escritora em relação a vida. “Costumo dizer que as minhas poesias são otimistas, porque é realmente o que busco, ver a felicidade, aquele fundo de esperança em algumas coisas”, diz.

Em suas poesias ela também externa o orgulho de ser feirense. Quanto ao título do livro, ela diz ser coerente com a caminhada que está iniciando no mundo da literatura. Um dos objetivos é mostrar seu “lado verde e que está florescendo”, ressalta.

Uma história de amor que não deu certo vira cordel

Outro lançamento durante o evento foi o cordel ‘A Sandy do Sertão’, de Romildo Alves, que além de cordelista é músico, poeta e mestrando em Poesia Popular. O 15º cordel de sua carreira foi inspirado numa história de amor que não deu certo. O autor conta que há alguns anos atrás viveu uma paixão platônica por uma mulher que se assemelhava muito fisicamente a cantora Sandy Leah – que na época formava com o irmão a dupla Sandy e Junior. A desventuras são contadas, com um toque de humor e criatividade, através do livreto de cordel.

O arrasta pé foi conduzido pela Banda Cantoria e Enoque Valente, além da participação do cordelista Ricardo Tadeu.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113552 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]