Nações Unidas envia equipe de 60 especialistas à Guatemala após erupção de vulcão

Comunidades plantam mudas no Anel Florestal para celebrar o Meio Ambiente.
Comunidades plantam mudas no Anel Florestal para celebrar o Meio Ambiente.

O governo da Guatemala pediu o envio de uma missão da ONU para avaliar as necessidades humanitárias mais urgentes após a erupção do vulcão Fuego, a informação é do porta-voz do secretário-geral da ONU, Stephane Dujarric.

O erupção do vulcão começou no domingo e durou mais de 16 horas. Cerca de 1,7 milhão de pessoas foram afetadas e 69 morreram. Até agora, foram evacuadas 3,4 mil pessoas.

O porta-voz contou que 60 especialistas de várias agências da ONU, da Agência Nacional de Coordenação de Risco de Desastres dos Estados Unidos e outros parceiros, embarcaram para a Guatemala. O grupo vai visitar 12 abrigos e centros de operações de emergência e encontrar-se com as autoridades locais das zonas mais afetadas.

Dujarric afirmou que devido à enorme atividade vulcânica, o acesso a algumas áreas ainda é impossível. A temperatura das cinzas atinge 60 graus Celsius, impedindo voos de helicóptero para resgate e avaliação de danos.

No twitter, o governo da Guatemala agradeceu os esforços das equipes de resgate.Solidariedade

Na segunda-feira (04/06/2018), o secretário-geral da ONU afirmou que está “profundamente triste” com a trágica perda de vidas e o enorme dano que o vulcão causou ao país.

Testemunhas disseram que alguns vilarejos perto do local de erupção teriam sido soterrados por cinzas, lama e pedras.

António Guterres expressou condolências às famílias das vítimas, ao governo e ao povo da Guatemala. Ele desejou ainda uma pronta recuperação aos feridos.

*Com informações da ONU News.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112875 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]