Mortes em confronto com polícia aumentam 46% em maio no estado do Rio de Janeiro

Forças Armadas atuam na segurança pública do Rio de Janeiro.
Forças Armadas atuam na segurança pública do Rio de Janeiro.
Forças Armadas atuam na segurança pública do Rio de Janeiro.
Forças Armadas atuam na segurança pública do Rio de Janeiro.

O Instituto de Segurança Pública (ISP) divulgou hoje (15/06/2018) os dados referentes ao mês de maio da criminalidade no estado do Rio de Janeiro. Os homicídios decorrentes de oposição à intervenção policial (autos de resistência) registraram aumento de 46% em relação a maio de 2017. Foram verificadas 142 mortes neste ano e 97 no mesmo período do ano passado. Em relação a abril, foram 41 vítimas a mais. O auto de resistência é registrado quando há enfrentamento de criminosos com as forças de segurança do estado.

O indicador estratégico de letalidade violenta (homicídio doloso, latrocínio, lesão corporal seguida de morte e homicídio decorrente de oposição à intervenção policial) também registrou aumento de 33 vítimas no estado em maio de 2018, na comparação com o mesmo período do ano passado. Foram registradas 576 vítimas de letalidade violenta no mês, que representa aumento de 6%. No entanto, em relação ao mês de abril, foram 16 vítimas a menos.

Já o indicador de roubo de veículos apresentou redução em maio, confirmando a melhora verificada no mês anterior. Foram 4.382 veículos roubados no estado, o que representa queda de 5% em relação a maio do ano passado, ou 214 roubos a menos. O município de São Gonçalo, na região metropolitana do Rio, foi a região onde ocorreu o maior número de roubo de veículos, com um aumento de 27% (ou 141 casos a mais) quando comparado com maio de 2017. A região concentrou 15% do total de roubos de veículos.

Greve dos caminhoneiros e roubo de carga

A greve dos caminhoneiros contribuiu para a redução do roubo de cargas em maio. De acordo com dados do ISP, o roubo de caminhões apresentou queda quando comparado ao mesmo período de 2017 e abril deste ano. Em maio de 2018 foram 752 ocorrências no estado, 488 a menos do que o registrado em maio do ano anterior ou uma redução de 39%. Os dados, de acordo com o ISP, já vinham apresentando queda de cerca de 15% nas duas primeiras semanas de abril comparadas com as duas primeiras semanas de maio.

O roubo de rua (roubo a transeuntes, de aparelho celular e em coletivo) foi outro crime contra o patrimônio que apresentou redução em maio. Foram 11.861 registros de roubo neste ano, uma queda de 1.972 ocorrências em relação a maio do ano anterior, que equivale a 14%. Em relação ao mês de abril o indicador apresentou aumento de 804 ocorrências.

Os dados divulgados pelo Instituto de Segurança Pública (ISP) são referentes aos registros de ocorrência lavrados nas delegacias de Polícia Civil durante o mês de maio.

*Com informações da Agência Brasil.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108757 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]