Janguiê Diniz lança livro sobre a corrupção e suas consequências em Pernambuco

Exemplares do livro 'Falta de Educação gera corrupção’, de autoria de Janguiê Diniz.
Exemplares do livro 'Falta de Educação gera corrupção’, de autoria de Janguiê Diniz.
Exemplares do livro 'Falta de Educação gera corrupção’, de autoria de Janguiê Diniz.
Exemplares do livro ‘Falta de Educação gera corrupção’, de autoria de Janguiê Diniz.

Após o auge das manifestações que tomaram o Brasil em meados de 2014, a política nacional entrou em declínio com a instauração de inúmeras investigações da Polícia Federal, investigações e a prisão de vários nomes fortes do cenário político. Esse foi o cenário inspirador para o 17º livro do empreendedor Janguiê Diniz, intitulado ‘Falta de Educação gera corrupção’ e que será lançado nesta quinta-feira (28/06/2018), na UNINASSAU Boa Viagem, a partir das 18 horas.

Publicado pela editora Novo Século e com o prefácio assinado pelo jornalista, escritor e membro da Academia Brasileira de Letras – ABL, Arnaldo Niskier, a obra traz textos sobre corrupção e suas consequências, para instigar uma reflexão sobre os caminhos que o Brasil vem tomando, com intuito de promover o desenvolvimento do nosso País. Entre os artigos do livro, também há discussões sobre política, educação, esportes, meio ambiente, economia e desenvolvimento, incitam a reflexão de diversos problemas pelos quais passam os brasileiros rotineiramente.

“A corrupção é um dos maiores problemas na atualidade e enganam-se aqueles que pensam que este é um problema ligado apenas à política. Na prática, ser corrupto é utilizar poder ou algum tipo de facilidade para conseguir vantagens que atendam aos próprios interesses ou de familiares e amigos. Entretanto, ao contrário do que costumamos ouvir, acredito que é uma generalização abusiva dizer que o brasileiro, em sua essência, é corrupto”, explica Janguiê.

A ideia do tema partiu de uma observação pessoal, quando foram trazidas a público a descoberta de malas de dinheiro, superfaturamento de obras e desvios de verbas que levaram o Brasil a enfrentar sua pior crise: uma crise ética. Como consequência, o Brasil caiu na avaliação do ranking de confiança econômica mundial e também na percepção da população em relação à corrupção. Um dos alertas que os textos de Janguiê trazem são as consequências da corrupção: o prejuízo direto ao desenvolvimento e bem-estar da sociedade; a diminuição dos investimentos públicos na saúde, na educação, em infraestrutura, segurança, habitação, entre outros direitos essenciais à vida; e o ferimento criminal da Constituição quando se amplia a exclusão e a desigualdade social.

Com base em dados do Índice de Percepção de Corrupção Mundial, os países com menores índices de educação e igualdade do mundo tendem a ter as maiores taxas de corrupção mundial. Assim, entende-se que as sociedades menos educadas e mais desiguais são as que mais apresentam corrupção e as sociedades que menos se queixam de corrupção tendem a ser mais educadas e mais igualitárias. Como exemplo, citamos a Dinamarca, que possui uma economia mista capitalista e um estado de bem-estar social, e tem um dos maiores índices educacionais e de igualdade do mundo, tendo sido considerado em 2011, o país com menor índice de desigualdade social do mundo e de menor taxa de corrupção.

Janguiê defende que a saída para evitar que a corrupção continue assolando o Brasil são investimentos em educação. Apenas assim poderemos ter uma população esclarecida e que irá fazer valer os seus direitos em todas as esferas. “O acesso amplo à educação de qualidade é um antídoto contra a corrupção. Essa afirmação vem respaldada por uma pesquisa, publicada no ano passado, sobre a percepção de desvios e a evolução da escolaridade em 78 países desde 1870, elaborada pelo cientista político sueco Bo Rothstein”, completa.

A apresentação do livro será feita pelo presidente da Comissão de Combate à Corrupção da OAB/PE, Fernando Araújo. Para o lançamento do livro, são esperadas as presenças de vários políticos do Estado, além de nomes da educação, cultura e judiciário. A obra já está disponível para venda em livrarias de todo o país, nas versões impressa e online e será comercializada durante o evento.

Agenda

O quê: lançamento do livro ‘Falta de Educação gera Corrupção’

Quando: 28 de junho, às 18 horas

Onde: UNINASSAU Boa Viagem

Endereço: Rua Jonatas Vasconcelos, 316 – Boa Viagem – Recife (PE)

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120795 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.