Feira de Santana: projeto Saúde nas Escolas orienta alunos sobre combate ao Aedes aegypti

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Projeto Saúde nas Escolas encerra as atividades pedagógicas no Bairro Mangabeira.
Projeto Saúde nas Escolas encerra as atividades pedagógicas no Bairro Mangabeira.
Projeto Saúde nas Escolas encerra as atividades pedagógicas no Bairro Mangabeira.
Projeto Saúde nas Escolas encerra as atividades pedagógicas no Bairro Mangabeira.

Com fantoches na mão e fantasia de mosquito da dengue, as educadoras do projeto Saúde nas Escolas encerraram as atividades pedagógicas, no Bairro Mangabeira, em Feira de Santana. A dramatização e reprodução de um desenho animado sobre arboviroses, serviu como alerta de prevenção para o mosquito Aedes aegypti, visando divulgar as informações através dos alunos da Escola Municipal Professor Oscar Damião Almeida.

A linguagem pedagógica essencial para o aprendizado dos pequenos foi conduzida pela educadora em saúde, Luciene Menezes, por meio de um fantoche médico na mão, ensinando as crianças a identificar sintomas da dengue, zika e chikungunya. “Tem pessoas que apresentam manchinhas vermelhas na pele. Se perceber isso fale com a mamãe para procurar um médico”, ensina Luciene.

Orientações básicas

“E para evitar que essas manchinhas apareçam, devemos cuidar de nossas casas, colocando as garrafinhas de cabeça pra baixo e evitando deixar os brinquedos expostos para não acumular água parada”, completou Joseneide Costa, também educadora, que representava o agente de saúde.

Durante quatro meses o ônibus da saúde esteve presente na escola trabalhando temas relacionados às arboviroses e medidas de higiene para evitar o contágio do vírus da gripe H1N1. A conscientização foi feita semanalmente, sempre às sextas-feiras.

Atendimentos gratuitos

A enfermeira da Unidade Móvel de Saúde, Tatiane Borges, relata que outras cinco escolas municipais da cidade também estão sendo beneficiadas com o projeto. Nesses locais são feitos atendimentos gratuitos com nutricionista, odontólogo, enfermeiros e médico clínico. “Pesamos as crianças, verificamos a altura e acompanhamos o cartão de vacina”, informa.

Mosquito feito com garrafa pet

O resultado das ações é refletido na atitude de algumas crianças, como a da aluna do 5º ano, Thayane Vitória, que produziu em uma oficina a miniatura de Aedes aegypti de garrafa pet, reutilizando o que iria para o lixo, podendo ser mais um recipiente de água parada. “Na minha casa eu virei as garrafas de água, tirei a água do pneu onde minha mãe coloca as plantas e coloquei em um lugar onde não cai água. Aprendi que não devemos deixar água parada para o mosquito não pousar”, relata.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112926 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]