Feira de Santana: Nova emergência do Hospital Clériston Andrade vai atender através do acolhimento com classificação de risco

Reunião de apresentação do funcionamento da nova emergência do Hospital Clériston Andrade.
Reunião de apresentação do funcionamento da nova emergência do Hospital Clériston Andrade.
Reunião de apresentação do funcionamento da nova emergência do Hospital Clériston Andrade.
Reunião de apresentação do funcionamento da nova emergência do Hospital Clériston Andrade.

A diretoria do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), através da diretoria de enfermagem, Grupo de Trabalho Humanizado (GTH) e Centro de Educação Permanente (CEPER), promoveu nesta segunda-feira, 04 de junho de 2018, o primeiro ciclo de capacitação sobre Acolhimento com Classificação de Risco (ACCR). O encontro foi realizado durante todo o dia no Auditório do HGCA e contou com a presença dos profissionais de saúde da emergência da unidade.

De acordo com Gislane Marins, diretora de Enfermagem do HGCA, assim que a nova emergência for inaugurada, será implantado o Acolhimento com Classificação de Risco (ACCR) para atender os pacientes. A iniciativa não tem como objetivo definir quem vai ser atendido ou não, mas sim definir a ordem do atendimento. “Vamos capacitar todos os profissionais do Clériston Andrade, prioritariamente da emergência, para que tenham a competência técnica e humanizada para o atendimento com classificação de risco. Trata- se de um novo modelo de atenção, baseado no protocolo da SESAB e que faz parte do Programa Nacional de Humanização, do Ministério da Saúde”, afirmou Gislane. Ela complementa que toda esta informação também será repassada aos usuários para entenderem a espera no serviço. A próxima capacitação será realizada no dia 08 de junho. Nos dias 11 e 15 de junho haverá treinamento para os Classificadores, que são os profissionais que vão trabalhar diretamente com o ACCR.

Sobre o Acolhimento com Classificação de Risco (ACCR) O sistema tem como objetivo reorganizar o atendimento nas portas de Entrada de urgência, identificando os pacientes que necessitam de Atendimento prioritário, de acordo com a gravidade clínica, potencial de Risco, agravos à saúde ou grau de sofrimento.

Todos os pacientes da unidade vão passar por uma análise prévia da enfermagem. Com base nos critérios clínicos estabelecidos no protocolo, o profissional classificará o caso em uma das quatro situações: Emergência

Absoluta (vermelho), Urgente (amarelo), Pouco urgente (verde) e Não urgente (azul). Os pacientes na classificação vermelha e amarela terão o atendimento priorizado, os verdes e azuis serão acolhidos, ouvidos, classificados, atendidos por um médico e orientados a se dirigirem a uma unidade de saúde mais próximo a sua residência.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116603 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.