Ex-ministro Aloizio Mercadante denuncia Golpe Jurídico-Parlamentar de 2016 e pede Lula Livre na Argentina

Ex-ministro Aloizio Mercadante denuncia ataque conservador e reacionário aos interesses da classe trabalhadora brasileira.
Ex-ministro Aloizio Mercadante denuncia ataque conservador e reacionário aos interesses da classe trabalhadora brasileira.
Ex-ministro Aloizio Mercadante denuncia ataque conservador e reacionário aos interesses da classe trabalhadora brasileira.
Ex-ministro Aloizio Mercadante denuncia ataque conservador e reacionário aos interesses da classe trabalhadora brasileira.

O ex-ministro, Aloizio Mercadante, participou, nesta segunda-feira (04/06/2018), de uma mesa de debates sobre a democracia na América Latina, na feira do livro de Rosário, na Argentina. Na ocasião, Mercadante fará, novamente, a denúncia do golpe contra a presidenta Dilma Rousseff e da perseguição política contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, além de mobilizar apoio internacional pelo movimento Lula Livre.

Mercadante também apresentará a versão em espanhol do seu livro ‘Governos do PT – Um legado para o futuro’, que traz um retrato detalhado dos avanços sociais promovidos no Brasil pelos governos Lula e Dilma, entre 2003 e 2015. A obra aborda, ainda, o golpe jurídico, parlamentar e midiático de 2016 e avança sobre os desmontes e retrocessos promovidos pelo governo Michel Temer, que impõe ao Brasil uma ortodoxia fiscal que não existe em nenhum outro país do mundo e uma agenda neoliberal tardia, sem qualquer respaldo popular, levando o país ao colapso em um curto espaço de tempo”

Por fim, o livro, que também é assinado pelo sociólogo Marcelo Zero como organizador, traça cenários e tendências para as eleições presidenciais brasileiras de 2018, especialmente, a partir do que os autores classificam como sendo o golpe dentro do golpe, que é a tentativa de inviabilizar a candidatura de Lula. Segundo os autores, a estratégia de retirar Lula das eleições seria uma aposta na pós-política, uma vez que todos os candidatos identificados com o golpe de 2016 estão inviabilizados eleitoralmente, que geraria um aprofundamento da crise política e social da própria democracia, no país.

Para os autores, a solução para crise instituída no Brasil com o golpe de 2016 está na capacidade da política de recuperar sua “identidade” popular, para se antepor, numa disputa democrática real, ao establishment do capitalismo financeiro global e desregulamentado. Esse processo, no Brasil, passa, necessariamente, pelo resgate da soberania popular e pelo direito de Lula ser candidato.

Em abril, a versão em inglês do livro foi lançada pela presidenta Dilma, na Universidade da Califórnia, em Berkeley, nos Estados Unidos. Dilma também lançou a versão em espanhol do texto na Feira do Livro de Buenos Aires, na Argentina, durante os atos do dia do trabalhador, no 1º de maio.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108010 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]