Analista ambiental é nomeado para presidência do ICMBio

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Presidente Michel Temer nomeia Paulo Henrique Marostegan para presidência do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).
Presidente Michel Temer nomeia Paulo Henrique Marostegan para presidência do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).
Presidente Michel Temer nomeia Paulo Henrique Marostegan para presidência do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).
Presidente Michel Temer nomeia Paulo Henrique Marostegan para presidência do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

O governo nomeou o analista ambiental Paulo Henrique Marostegan e Carneiro para a presidência do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que é responsável pela guarda de 333 unidades de conservação federais. A nomeação foi publicada nesta sexta-feira (15/06/2018) no Diário Oficial da União.

Mestre em Ciências Florestais pela Universidade de São Paulo (USP), Paulo Henrique é do quadro do instituto e estava à frente da Diretoria de Criação e Manejo de Unidades de Conservação (Diman). Além do instituto, o analista também trabalhou no Ibama e na Associação ECOAR Florestal. Ele irá suceder o oceanógrafo Ricardo Soavinski, que deixou o ICMBio, no final de abril, para assumir a presidência da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar). Desde a saída de Soavinski, Silvana Canuto Medeiros ocupava o cargo interinamente.

A nomeação ocorre após manifestações de servidores do órgão e de entidades da sociedade civil contra a possibilidade de o instituto ser ocupado por indicados políticos. No último mês, servidores do órgão se mobilizaram, pelo menos duas vezes, em cartas abertas, contra a possível escolha de integrantes do PROS para assumir a função, entre eles o vice-presidente do partido, Moacir Bicalho, e Cairo Tavares, diretor técnico da sigla, e por não terem experiência na área.

No último dia 25, o Ministério Público Federal (MPF) defendeu que o cargo requer “requisitos mínimos de conhecimento técnico da área e experiência gerencial, como prevê a legislação brasileira”. Na ocasião, o MPF alertou que, caso esse aspecto não fosse observado na escolha do novo presidente do ICMBio, iria adotar medidas judiciais cabíveis. A nota foi assinada por 23 procuradores.

*Com informações da Agência Brasil.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113508 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]