Virtual Educa Bahia 2018 terá seis Fóruns de debates contextualizando a Educação no século XXI

Pratica do e-NOVA no Colégio Luis Fernando Macedo, em Salvador.
Pratica do e-NOVA no Colégio Luis Fernando Macedo, em Salvador.

O XIX Encontro Internacional Virtual Educa – um dos maiores eventos mundiais sobre inovação e tecnologia aplicadas à Educação, que será realizado entre os dias 4 e 8 de junho de 2018, no Centro de Formação e Eventos da Secretaria da Educação do Estado (no antigo ICEIA), em Salvador, terá seis fóruns de debates que irão contextualizar a Educação no século XXI. São eles: Fórum de Inclusão avaliação e qualidade; Fórum de educadores para a era digital; Fórum de Educação Superior, inovação e internacionalização; Fórum formação ao largo da vida; Fórum de pesquisa, desenvolvimento e inovação; e Fórum de desenvolvimento tecnológico.

Cada fórum promoverá de três a quatro conferências e apresentará uma média de 45 trabalhos de pesquisa, voltados ao tema geral do Virtual Educa Bahia 2018: ‘Educação para transformar a sociedade em um espaço único multicultural’. O Fórum de Inclusão, avaliação e qualidade, por exemplo, será coordenado pelo professor titular da Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB) e secretário de Educação do município de Lauro de Freitas, Paulo Gabriel Nacif. Este espaço contará com palestras do pesquisador e conferencista Dilvo Ilvo Ristoff, da antropóloga e professora Nilma Lino Gomes e do professor e pesquisador Naomar de Almeida Filho.

Inclusão

O coordenador Paulo Gabriel Nacif explica que serão debatidos três relevantes temas atuais (inclusão, avaliação e qualidade), inerentes à Educação mundial do século XXI. “É um tema urgente porque precisamos incluir muitos jovens que estão fora da Educação formal, com qualidade e, para tanto, é necessário avaliar as estratégias. Hoje, sabemos que a tecnologia é fundamental para alcançarmos essa inclusão por ser uma ferramenta que poderá chegar a um grande número de pessoas, em salas de aulas de áreas remotas, dinamizando o processo de ensino e aprendizagem, que é algo fundamental na contemporaneidade”.

A ex-ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR) e do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial, da Juventude e dos Direitos Humanos, Nilma Lino Gomes, irá palestrar sobre ‘Desafios da inclusão e diversidade na Educação do século XXI’. Já o pesquisador e conferencista nas áreas de Avaliação, Qualidade e Inclusão na Educação, o doutor em Letras e ex-diretor de Políticas e Programas de Graduação do Ministério da Educação, Dilvo Ilvo Ristoff, abordará o tema ‘Avaliação e qualidade da Educação nas sociedades plurais do século XXI’.

A terceira conferência será sobre ‘Responsabilidade da universidade pela escola básica na superação do neo-colonialismo do século XXI’, ministrada pelo ex-reitor da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) e da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Naomar de Almeida Filho, atualmente professor titular de Epidemiologia no Instituto de Saúde Coletiva da UFBA e pesquisador em diversas áreas, incluindo a interação entre os Ensinos Superior e Básico e bolsista de produtividade 1A do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120510 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.