Oposição lamenta número de 59.570 homicídios na Bahia em dez anos e cobra mudança de estratégia para reduzir violência

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Deputados Luciano Ribeiro e Leur Lomanto Jr. criticam política de segurança pública do Governo Rui Costa.
Deputados Luciano Ribeiro e Leur Lomanto Jr. criticam política de segurança pública do Governo Rui Costa.
Deputados Luciano Ribeiro e Leur Lomanto Jr. criticam política de segurança pública do Governo Rui Costa.
Deputados Luciano Ribeiro e Leur Lomanto Jr. criticam política de segurança pública do Governo Rui Costa.

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa lamentou a situação de guerra vivida no estado da Bahia, nos últimos dez anos, diante da soma de 59.570 homicídios registrados no estado, nesse período. O dado foi obtido, através da estatística de ocorrências policiais, da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-BA). “O que não se admite é que uma situação tão grave como essa seja minimizada pelo governo do estado”, afirma o líder da Bancada, deputado Luciano Ribeiro (DEM). Nos últimos três anos do governo Rui Costa foram 18.893 homicídios. Vale ressaltar que o orçamento da Segurança para despesas de investimentos no ano de 2017 foi de R$ 131,5 milhões, porém foi investido apenas 42% desse orçamento, o que representa apenas 2,27% do total investido pelo estado.

Chamou também a atenção da Bancada, os números do último feriadão, entre 28 e 1 de maio de 2018, quando 28 pessoas foram assassinadas na Região Metropolitana de Salvador. “Isso não pode ser visto com naturalidade. Milhares de jovens estão morrendo. Diariamente acontecem assassinatos motivados pelo consumo de drogas, pela violência urbana, ligada a prática de roubos e assaltos. São números absurdos e é preciso que o governo do estado encare isso de frente como uma situação a ser combatida”, cobra. Segundo o deputado, infraestrutura policial, baixos salários e estratégia para o combate precisam ser reavaliados.

Para o vice-líder, deputado Leur Lomanto Jr. (DEM) basta também verificar o quanto se investiu em outras áreas, a exemplo da educação, nos últimos anos para buscar respostas e saídas em curto e longo prazo. “Quando vemos esses números buscamos também informações de outras áreas e percebemos a lacuna na educação, que há uma década vive apenas de promessas de melhorias. Em vez de fazer novos investimentos, o governo tem fechado escolas”, denuncia, destacando que a redução da violência passa por mais investimentos em educação, mantendo o jovem o maior tempo possível na escola, o que não vem acontecendo na Bahia.

No período de 2015 a 2017, recursos investidos em Educação foram de apenas R$ 156,3 milhões. No total, neste mesmo período, o estado investiu, nas diversas áreas, mais de R$ 7 bilhões. Educação representou apenas 2% deste valor. “Ou seja, educação não é prioridade para este governo”, comenta Leur Jr.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113505 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]