Operação Luz na Infância 2: PF combate pornografia infantil na internet; mandados de prisão são cumpridos em Salvador e Alagoinhas; ação ocorre em outros 23 estados e em Brasília

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Cerca de 2,6 mil policiais civis cumprem mais de 500 mandados de busca e apreensão dentro da operação Luz na Infância 2.
Cerca de 2,6 mil policiais civis cumprem mais de 500 mandados de busca e apreensão dentro da operação Luz na Infância 2.
Cerca de 2,6 mil policiais civis cumprem mais de 500 mandados de busca e apreensão dentro da operação Luz na Infância 2.
Cerca de 2,6 mil policiais civis cumprem mais de 500 mandados de busca e apreensão dentro da operação Luz na Infância 2.

Na manhã desta quinta-feira (15/05/2018), a Polícia Federal cumpre cinco mandados de busca e apreensão, visando combater os crimes de pornografia infantil na internet. São quatro mandados em Salvador e um em Alagoinhas.

Cerca de 25 policiais federais participam da operação, cujo objetivo é a localização e apreensão de dispositivos informativos com suspeita de terem sido utilizados para compartilhamento de conteúdo de pornografia infanto-juvenil através da internet.

A ação da Polícia Federal foi realizada nesta data em razão da deflagração, também hoje, da Operação Luz da Infância 2, coordenada pelo Ministério Extraordinário da Segurança Pública.

Até o momento três pessoas foram presas em flagrante.

Os envolvidos devem responder pelo crime do artigo 241-A da Lei 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente), que prevê penas de 3 a 6 anos de reclusão e multa.

Polícia faz operação contra pedofilia em 24 estados e em Brasília

O Ministério Extraordinário da Segurança Pública (MESP) deflagrou, nesta quinta-feira (17), a Operação Luz na Infância 2. Cerca de 2,6 mil policiais civis cumprem mais de 500 mandados de busca e apreensão de arquivos com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes.

De acordo com nota do ministério, suspeitos já estão sendo presos em flagrante. Os alvos foram identificados por meio de material obtido em ambientes virtuais. De acordo com os investigadores, esse material representa “indícios suficientes de autoria e materialidade delitiva”.

A operação está sendo deflagrada em parceria com as Polícias Civis do Distrito Federal e de 24 estados.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121632 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.