Mostra Científica e Cultural mistura conhecimento e diversão na FTC Feira de Santana

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
III Mostra Científica e Cultural da FTC em Feira de Santana.
III Mostra Científica e Cultural da FTC em Feira de Santana.
III Mostra Científica e Cultural da FTC em Feira de Santana.
III Mostra Científica e Cultural da FTC em Feira de Santana.

Ciência e cultura estão mais próximas do que se pode imaginar. Pelo menos para os estudantes da FTC Feira de Santana, que reuniram informação, pesquisa e entretenimento na III Mostra Científica e Cultural. O evento, que aconteceu nesta quarta-feira (23/05/2018), contemplou alunos dos turnos matutino e noturno de vários cursos e movimentou área de convivência com uma vasta programação.

De exposições fotográficas de animais maltratados, feitas pelos estudantes de Medicina Veterinária, até massagem com ventosas, realizadas pelos alunos do curso de Biomedicina, a mostra apresentou, em estandes instalados na praça, o resultado de trabalhos desenvolvidos ao longo do semestre. A diversidade foi o ponto alto das atividades, que atraíram um grande público.

Em formato de quermesse e no clima dos festejos juninos, essa foi a terceira edição da Mostra Científica e Cultural, que busca trazer conteúdos e assuntos interessantes sobre saúde, meio ambiente, qualidade de vida, recreação e muita novidade. Quem já viu uma fogueira sem lenha e sem poluição? E teve até a ‘Barraca do Beijo’, dos alunos de Odontologia, não sem razão uma das mais movimentadas.

A estudante Elizete Viturino, do 7º semestre de Fisioterapia, explicou as possibilidades de tratamento de queimaduras para evitar a perda de mobilidade. Ela fez parte de um grupo que pesquisou a questão com orientação da professora Verena Liberal e ficou satisfeita com o resultado. Tanto quanto Rafaela Ribeiro, 3º semestre de Enfermagem, que sugeriu um olhar diferenciado para o Alzheimer, aliado ao estudo aprofundado da falta da proteína Betamilaroide, suposta causa da doença.

Os impactos das festas juninas no meio ambiente, por conta dos fogos e fogueiras, foram abordados por estudantes de 7º e 8º semestres de Engenharia Ambiental. No estande montado pelo grupo, a ornamentação e as guloseimas do período chamaram a atenção dois visitantes. “Não é preciso abrir mão da tradição, mas é fundamental ter cuidado com o os estragos que podem ser causados ao ambiente”, ensinou Thais Lima.

Além dos estandes, os alunos deram um verdadeiro show de dança e indumentária na apresentação das quadrilhas. Primeiro os de Educação Física. Depois os de Odontologia e Fisioterapia, que fizeram da dança típica das festas juninas uma aula, com os passos vinculados a ações praticadas pelos profissionais das duas áreas, inclusive o atendimento de primeiros socorros. E o Coral do NAIS – Núcleo de Atendimento Integral à Saúde – levou para o palco um repertório com muito forró.

Outro momento de destaque foi o Encontro com o Autor, uma roda de conversa sobre produção literária, que reuniu os escritores Josman Lima, professor Vinícius Mendes, jornalista Madalena de Jesus e as estudantes da Instituição Fernanda Mastrolorenzo e Neilane Pereira, esta cordelista. A coordenação ficou a cargo dos professores Carlos Magno e Guísala Mamona, idealizadores da mostra, que avaliaram o evento acima das expectativas.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 123214 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.