Hospital da Mulher de Feira de Santana promove Semana de Enfermagem

Enfermeira Janaína Lassala apresenta o tema ‘Tratamento de feridas cirúrgicas’.
Enfermeira Janaína Lassala apresenta o tema ‘Tratamento de feridas cirúrgicas’.
Enfermeira Janaína Lassala apresenta o tema ‘Tratamento de feridas cirúrgicas’.
Enfermeira Janaína Lassala apresenta o tema ‘Tratamento de feridas cirúrgicas’.

Com o intuito de destacar a importância dos direitos humanos no cotidiano das atividades dos profissionais de Enfermagem, o Hospital Inácia Pinto dos Santos, o Hospital da Mulher, realiza nos dias 23 e 25 de maio de 2018 a Semana de Enfermagem HIPS.

Com debates e treinamentos, a atividade é destinada para estudantes e profissionais da área de Enfermagem. No dia 23, às 14 horas, a temática “Consciência profissional e a Enfermagem no cuidado ético com a vida” movimenta a mesa de abertura.

Às 15:30 horas, a enfermeira Janaína Lassala apresenta o tema ‘Tratamento de feridas cirúrgicas’. Finalizando o primeiro dia da atividade, às 16:30 horas a enfermeira Sheyla Santana destaca as boas práticas no registro de enfermagem, abordando as finalidades, aspectos legais, o que anotar no registro e os impactos para o profissional, instituição e paciente.

“A prática de registro é fundamental para nortear os profissionais de enfermagem, garantindo a qualidade das informações que serão utilizadas por toda a equipe de saúde”, destaca Sheyla Santana.

Já no dia 25, a abertura acontece às 8 horas com a apresentação do Coral de Sinos. Às 8:30 horas a advogada da OAB/Feira, Liliana Cotias, destaca na sua palestra ‘A influência do direito à saúde para a aplicabilidade do direito à enfermagem’.

Em seguida, às 9:10 horas, acontece o mindset produtivo: construção de uma mentalidade eficiente com a psicopedagoga Camila Góes. E às 10:10 horas, a enfermeira Deise Aureliano palestra sobre a assistência de enfermagem no gerenciamento de risco e segurança do paciente.

Fechando a semana de enfermagem, às 14 horas, o médico José Ferreira Filho e a enfermeira Jackeline Ataide destacam, na teoria e na prática, as ‘Emergências hemorrágicas em obstetrícia’. A abordagem versa sobre o protocolo de manejo de hemorragia materna, a utilização do traje antichoque na paciente para conter a hemorragia e a preparação do balão de tamponamento uterino para controlar a hemorragia.

“Vamos apresentar esse protocolo aos participantes, pois a equipe precisa de capacitação para essas eventualidades críticas e condições que garanta a vida da paciente”, explica Sheyla Santana. A enfermeira ainda pontua que a boa comunicação entre a equipe é fundamental para a solução do caso.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a hemorragia pós-parto (HPP) é definida como a perda de 500 ml de sangue ou mais no período de 24 horas após o parto. Ela é a principal causa de mortalidade materna em países de baixa renda e a causa primária de quase um quarto de todas as mortes maternas no nível global.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115091 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.