Ex-prefeito Wilson Paes Cardoso anuncia pré-candidatura à deputado | Por Sérgio Jones

Ex-prefeito Wilson Paes Cardoso, prefeito João Lúcio e vereadores da base governista de Andaraí comemoram aprovação das contas e instituição do voto aberto e nominal.
Ex-prefeito Wilson Paes Cardoso, prefeito João Lúcio e vereadores da base governista de Andaraí comemoram aprovação das contas e instituição do voto aberto e nominal.
Ex-prefeito Wilson Paes Cardoso, prefeito João Lúcio e vereadores da base governista de Andaraí comemoram aprovação das contas e instituição do voto aberto e nominal.
Ex-prefeito Wilson Paes Cardoso, prefeito João Lúcio e vereadores da base governista de Andaraí comemoram aprovação das contas e instituição do voto aberto e nominal.

Na manhã de segunda-feira (30/04/2018), o município de Andaraí, Chapada Diamantina, foi palco de fortes manifestações. O local do epicentro político foi a sede da Câmara Municipal de Vereadores de Andaraí. Situada na Praça São Francisco. Com o interior de sua galeria e a parte externa do prédio tomada pelo povo e um carro de som, colocado em parte estratégica no entorno da área, sob os acordes afinados de Zezé de Camargo e Luciano, era entoada a música, É o amor. O evento foi considerado como uma das maiores manifestações políticas já realizadas no município, segundo observou o ex-prefeito Wilson Paes Cardoso (PSB), que se fazia presente ao ato, acompanhado de todo o stafe político.

O fulcro de toda a manifestação foi a aprovação da ata, pelo legislativo que conta com nove membros, entre os quais sete deles deu e dá sustentação a bancada do prefeito João Lúcio e do ex-prefeito Wilson Paes Cardoso, ambos do (PSB). A Ata aprovada por um referendo de 6 x 3 acatou as contas da gestão anterior por 7×2, por placar idêntico, permitiu a alteração dos artigos 04 e 151 da Resolução de nº 06, que torna obrigatório o voto em aberto.

 O ponto alto do encontro foi quando o ex-prefeito durante o discurso fez questão de destacar a correção e a honestidade de sua gestão. Condenou a corrupção existente no país e externou a sua disposição em se lançar para disputar uma vaga na Câmara dos Deputados. O que contou com o entusiasmo e apoio dos presentes, muitos deles portando faixas e cartazes.  Ele prometeu, se for eleito, agir e defender, com o mesmo rigor os interesses do povo de Andaraí e dos demais brasileiros. Com o mesmo empenho e entusiasmo que foi dedicado à sua gestão no município. O povo foi à loucura e gritava: ado, ado, ado o prefeito para deputado.

“Esconder nunca mais” foi a frase proferida pelo presidente da Câmara Edgard Paes Coelho Neto (PSB). Em clima de muita euforia não ocultava o seu contentamento com a situação política do município. A qual ele atribuiu a atual, e a gestão anterior, como os melhores exemplos no trato da transparência de gestão pública, já existente nos anais e calendário político do município. O presidente, conhecidos carinhosamente por todos como “Edgardzinho”, aproveitou o clima para relatar que nos últimos 16 meses os gastos com o legislativo foram enxutos, sendo no ano passado restituídos aos cofres públicos, 270 mil reais. Recursos estes que foram direcionados pelo poder executivo para atender às necessidades dos sistemas de saúde e educação. “Para este ano já contamos com um saldo de 80 mil reais, saldo este, que deverá atingir cifras mais elevadas até o final do ano”, comemora.

*Sérgio Jones é jornalista ([email protected])