Em março de 2018, produção industrial baiana registra maior queda do país, com -4,5%

Tabela com dados sobre produção física industrial por sessões e atividades industriais na Bahia, referente ao mês de março de 2018.
Tabela com dados sobre produção física industrial por sessões e atividades industriais na Bahia, referente ao mês de março de 2018.
Tabela com dados sobre produção física industrial por sessões e atividades industriais na Bahia no mês de março de 2018.
Tabela com dados sobre produção física industrial por sessões e atividades industriais na Bahia, referente ao mês de março de 2018.

Produção industrial baiana tem pior resultado (-4,5%) do país em março, frente ao mês anterior.  A produção industrial baiana também caiu frente a março de 2017 (-5,3%), mas apresentou resultados positivos nos acumulados em 2018 (+0,9%) e nos 12 meses encerrados em março (+0,3%);

Fabricação de veículos (+10,8%) e fabricação de produtos alimentícios (+16,0%) puxaram a produção industrial baiana em março; por outro lado, as quedas na fabricação de outros produtos químicos (-20,4%) e de coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (-13,3%) foram os principais responsáveis pelo resultado negativo na comparação com o mesmo mês de 2017.

Em março, a produção industrial da Bahia, descontados os efeitos sazonais, caiu 4,5% frente ao mês anterior, sendo o pior resultado dos 15 locais pesquisados pelo IBGE e ficando abaixo do resultado nacional (-0,1%). De fevereiro para março, a indústria cresceu mais no Pará (+9,0%) e no Mato Grosso (+4,7%).

Frente a março de 2017, a produção industrial baiana também apresentou o pior resultado do país (-5,3%), ficando bem abaixo da média nacional (+1,3%). Nessa comparação, a produção industrial cresceu em 7 das 15 regiões pesquisadas pelo IBGE, com destaque positivo para Amazonas (+24,3%).

Assim, no ano de 2018, a produção industrial baiana acumula crescimento de +0,9%, bem abaixo dos +4,5% registrados em fevereiro e do acumulado no país como um todo (+3,1%). Outras nove regiões também apresentaram variação positiva no acumulado no ano, com destaque para o Amazonas (+24,4%).

No acumulado nos 12 meses encerrados em março, a produção industrial baiana apresentou o segundo menor crescimento entre as regiões pesquisadas (+0,3%), ficando acima apenas de Minas Gerais (+0,1%) e bem abaixo da média nacional (+2,9%). Com este resultado, a indústria do estado volta a diminuir após registrar crescimento de +0,5% nos 12 meses encerrados em fevereiro, primeiro resultado positivo desde junho de 2014.

Outros produtos químicos (-20,4%) e Coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (-13,3%) contribuem para queda do setor na Bahia

Em março, a queda de 5,3% na produção industrial da Bahia, na comparação com o mesmo mês do ano anterior, foi resultado do desempenho negativo em 8 das 12 atividades pesquisadas no estado.

Os principais impactos negativos vieram dos setores de outros produtos químicos (-20,4%) e Coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (-13,3%). O setor de derivados de petróleo, de maior peso na estrutura da indústria baiana, aprofundou o recuo verificado em janeiro (-0,6%) e acumula queda de 5,8% neste ano. O cenário é o mesmo para o setor de outros produtos químicos, que vem aprofundando o recuo desde janeiro (-2,4%) e já acumula queda de 10,6% em 2018.

Fabricação de veículos (+10,8%) e fabricação de produtos alimentícios (+16,0%) puxam produção industrial baiana em março

A fabricação de veículos vem influenciando positivamente o desempenho da indústria baiana, com fortes crescimentos seguidos, desde julho de 2017 e acumula altas de 24,1% no ano de 2018 e 30,5% nos 12 meses encerrados em março.

A fabricação de produtos alimentícios vem apresentando resultados positivos desde setembro de 2017 (+1,3%) e já acumula crescimento de +13,5% em 2018 e +6,2% nos 12 meses encerrados em março.

Também tiveram aumento, em março, na Bahia, a fabricação de bebidas (+8,9%) e a fabricação de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (+48,9%).

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 106739 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]