Eleições 2018: pré-candidato à Presidência da República pelo PSOL Guilherme Boulos se prepara para enfrentar ‘interesses poderosos’

Guilherme Boulos se prepara para enfrentar 'interesses poderosos'.
Guilherme Boulos se prepara para enfrentar 'interesses poderosos'.
Guilherme Boulos se prepara para enfrentar 'interesses poderosos'.
Guilherme Boulos se prepara para enfrentar ‘interesses poderosos’.

O líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, de 35 anos, quer se tornar o presidente da República mais novo da história do Brasil.

Pré-candidato pelo PSOL, ele tem ao seu favor um movimento social de expressão e uma espécie de “unção” feita por Lula em seu último discurso antes de ser preso pela Polícia Federal, em São Bernardo do Campo, no último dia 7 de abril de 2018. Por outro lado, Boulos faz parte de um partido pequeno e não passa de 1% das intenções de voto, segundo o último levantamento do instituto Datafolha.Em entrevista à BBC Brasil, o pré-candidato afirmou que é impossível governar para toda a população brasileira e que, caso eleito, combaterá os privilégios da população mais rica.

“O 1% dessa elite econômica, não acredito que eles considerem as políticas que nós defendemos boas para eles. No momento em que nós estamos e, numa sociedade dividida e polarizada, não é possível governar para todos. Nós queremos enfrentar interesses. Interesses poderosos. Nós queremos governar pelos 99%”, disse.

Com origem de classe média alta e filho de um dos principais infectologistas do país – o médico Marcos Boulos, coordenador de Controle de Doenças da Secretaria de Saúde do governo de São Paulo -, Boulos disse que não teme que seus inimigos políticos o acusem de oportunismo por liderar um movimento sem-teto.

“Eu seria oportunista se eu tivesse enriquecido no movimento. É exatamente o contrário”, afirmou o pré-candidato.

*Com informações da BBC Brasil.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108642 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]