Edição 2018 do Festival de Lençóis conta com shows de Maria Rita, Saulo, Àttooxá e mais 10 bandas

Maria Rita, cantora.
Maria Rita, cantora.
Maria Rita, cantora.
Maria Rita, cantora.
Banda The Baggios.
Banda The Baggios.

Abertura da edição 2018 Festival de Lençóis ocorre nesta quinta-feira (31/05) com a apresentação de Saulo, Àttooxxá, Nátalia Cunha e Batéia de Renda e Ely Pinto (Tributo a Raul Seixas), a partir das 19h30, na Praça Horácio de Mattos, em Lençóis.  É a música será a trilha da natureza, alegria e diversão na principal cidade da Chapada Diamantina. Amanhã (sexta – 01/06), o palco principal recebe Maria Rita, The Baggios, Banda Sete Vezes (Tributo ao O Rappa) e Trotta Mundo. Já no sábado (02/06/2018), o evento encerra com as apresentações de Jau, Banda Zion, Banda Spectro e Família Grão de Luiz e Griô. A entrada é franca.

O Festival de Lençóis é produzido e realizado pela Pau Viola e Ecoshow, com o patrocínio do Governo do Estadoda Bahia e Bahiagás e conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Lençóis e Hotel Portal Lençóis. Confira no final do texto, a grade completa com a data e o horário das atrações.

Se na última edição do Festival de Lençóis o VJ Gabiru encantou o público com suas projeções de vídeos, este ano ele promete muito mais novidades que serão exibidas durante e nos intervalos dos shows. Em total harmonia com os casarios históricos, o cenário do palco vai ganhar movimentos com imagens e músicas que dialogam com a cidade de Lençóis, sua gente e com a natureza da região. Gabiru criou um set com imagens com muitas cores e formas, que serão exibidas no ritmo do nu jazz, jazz, world music e dos shows.

Manifestações culturais

O evento também vai reunir grupos folclóricos nos três dias, sempre a partir das 17 horas, na Praça Horácio de Mattos. Na quinta-feira, o grupo Percuhitts, formado por crianças e adolescentes, faz uma apresentação de percussão passeando por vários ritmos. Já na sexta-feira, o grupo Marujada resgata o ritmo e a dança de origem portuguesa, uma tradição que vem desde o século XIII em Lençóis. No último dia (sábado), os tambores do Jarêanimam a cidade, com a sua proposta de preservar e valorizar esta manifestação cultural do povo africano.

O festival e a cidade

Desde de sua primeira edição, em 1999, o Festival de Lençóis vem acontecendo anualmente na história cidade de Lençóis. A sua realização está baseada na fomentação da cultura, sustentabilidade e fortalecimento da cidadania através das artes e práticas do turismo cultural. Com um público diário estimado em 10 mil pessoas, as edições anteriores reuniram artistas locais e consagrados, como Gilberto Gil, Gal Costa, Lenine, Ana Carolina, Pato Fu, Luís Melodia, Flávio Venturini, Adriana Calcanhoto, Elza Soares, Nando Reis, Vanessa da Mata, Mart´nália, Lazzo, Ju Moraes, Russo Passapusso e Baile do Bem (Sandra de Sá, Serjão Loroza e Negra Li).

“O Festival de Lençóis é um evento cultural consolidado ao longo dos anos, que há 19 anos se tornou muito importante para o município de Lençóis. É claro que também para toda Chapada Diamantina, onde o turista tem a possibilidade de usufruir das atrações artísticas e culturais, bem como, as belezas naturais que aqui possui. Trata-se de um grande evento, que alavanca o turismo em toda a nossa região, possibilitando o aquecimento da economia em um período de baixa temporada, beneficiando o setor hoteleiro, restaurantes, agências de turismo, guias turísticos locais e afins”, afirma o prefeito de Lençóis, Marco Airton Alves Araújo.

Além de reunir artistas em um dos cenários históricos mais importantes do país, o Festival de Lençóis atrai turistas brasileiros e estrangeiros que querem desfrutar também de sua beleza natural, grutas, cachoeira e casarios coloniais. Além do turismo ecológico, os esportes radicais também são praticados na região. Localizada na Chapada Diamantina, há 425 Km de Salvador, Lençóis abraça o evento como um importante gerador de rendas que movimenta o trade turístico e o comércio local.

Turismo

A maior cidade da Chapada Diamantina, Lençóis encanta turistas de todos os cantos do mundo com suas belezas naturais e a arquitetura colonial. Com uma infraestrutura para atender todo o tipo de turista, o seu centro histórico reúne lojas de artesanatos, bares e restaurantes com várias opções gastronômicas. Com muita hospitalidade, a cidade oferece uma variedade de confortáveis hotéis e pousadas.

As trilhas ecológicas são as grandes atrações do município, atraindo pessoas de todas as idades. Entre os seus atrativos naturais, destaque também para as piscinas naturais do rio Serrano, o salão de areias coloridas, a Cachoeirinha, a Cachoeira da Primavera e o Ribeirão do Meio com o seu escorregador natural.

Agenda do 18° Festival de Lençóis

Data: 31 de maio e 01 e 02 de junho de 2018

Atrações: Maria Rita, Saulo, Jau, Àttooxá, Banda Zion, Família Grão de Luz e Griô, Natália Cunha e Bateia de Renda, Banda Spectro, Banda Sete Vezes, The Baggios, Trotta Mundo e Ely Pinto

Hora: a partir das 19h30

Onde: Lençóis – Chapada  Diamantina – Bahia

Entrada franca

Programação

Quinta-feira (31/05)

19h30/20H30:  Natália Cunha e Batéia de Renda

21h/22 horas:   Àttooxxá

22h30/24 horas: Saulo

24h30/01h30: Ely Pinto (Tributo a Raul Seixas)

Sexta-feira (01/06)

19h30/20H30:  Trotta Mundo

21h/22 horas:   The Baggios

22h30/24 horas: Maria Rita

24h30/01h30: Banda Sete Vezes (Tributo ao Rappa)

Sábado (02/06)

19h30/20H30:  Família Grão de Luz e Griô

21h/22 horas:   Banda Spectro

22h30/24 horas: Jau

24h30/01h30: Banda Zion

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112836 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]