ALBA: Vice-almirante Almir Garnier Santos recebe título de Cidadão Baiano; solenidade contou com presença do desembargador Baltazar Miranda Saraiva; proposição foi do deputado Angelo Almeida

Vice-almirante Almir Garnier Santos recebe título de Cidadão Baiano.
Vice-almirante Almir Garnier Santos recebe título de Cidadão Baiano.

O comandante do 2º Distrito Naval, vice-almirante Almir Garnier Santos, é o mais novo cidadão baiano. O título, proposto pelo deputado Angelo Almeida (PSB), foi entregue em sessão especial realizada ontem no plenário da Assembleia Legislativa. À frente do 2º Distrito Naval desde janeiro de 2017, o vice-almirante Garnier tem sob seu comando cerca de 2,5 mil militares e 24 organizações militares da Marinha do Brasil, incluindo oito navios, nos estados da Bahia, Sergipe e Minas Gerais. “O seu trabalho, dedicação e compromisso com o nosso Estado, é o que lhe faz estar aqui hoje”, justificou o socialista.

Em discurso de apresentação, Angelo Almeida disse que pessoas extraordinárias não têm currículo, trajetória, têm história. “Vejo as honrarias concedidas pelas casas legislativas com extrema seriedade. Elas são uma forma de reconhecimento, um ato que os colocam como exemplo pelo que se propuseram a fazer, por suas ações e atuações. Por isso me sinto honrado de ser o proponente desse título, que faz justiça à história de vida do comandante Almier Garnier Santos e seu envolvimento com a Bahia”, afirmou o deputado.

O Título de Cidadão Baiano foi entregue ao comandante pelo deputado Angelo Almeida, acompanhado pelo deputado federal Bebeto e do ex-comandante do 2º Distrito Naval, vice-almirante Arnon Lima Barbosa. O desembargador do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) Baltazar Miranda Saraiva participou da mesa da solenidade. Já como cidadão baiano, o vice-almirante Almir Garnier fez um agradecimento especial ao proponente da sessão, as autoridades civis e militares que formavam a mesa de trabalhos e ao público presente, ressaltando que o título era uma homenagem a Marinha do Brasil. “Sinto muito orgulho de liderar esses homens e mulheres trajando uniformes brancos que representa o que de melhor temos por dentro, nossos valores morais, caráter, coragem, honestidade e dedicação a serviço da pátria, até com sacrifício da própria vida se for preciso”, disse o comandante.

Emocionado, o novo baiano disse que a Bahia é um Estado que felizmente vem progredindo mesmo em meio a crise, melhorando as condições de vidas da população e dando exemplo para outros estados da federação. “O povo baiano pode contar conosco, de dia e de noite, na paz ou na guerra”, contou, revelando também que após ir para a reserva irá morar definitivamente na Bahia. “A Bahia me deu régua e compasso, acho que darei ao Rio de Janeiro aquele abraço”, completou.

Participaram também da solenidade de entrega de Título de Cidadão o comandante da Base Aérea de Salvador, coronel-aviador, José Henrique Kaipper, o comandante da 6ª região militar, general de divisão Marcos André da Silva Alvim, entre outras autoridades civis e militares.

Natural do Rio de Janeiro, o vice-almirante Almir Garnier Santos tem orgulho de sua longa relação com a Marinha do Brasil, onde ingressou, aos 10 anos de idade, como aluno do curso de formação de operários, na extinta Escola Industrial Comandante Zenethilde Magno de Carvalho. Em 1977, graduou-se técnico em Estruturas Navais, na Escola Técnica do Arsenal de Marinha. No ano seguinte, ingressou na Escola Naval, formando-se em 1981, na primeira colocação no Corpo da Armada.

Após formado, o então tenente Garnier desenvolveu suas habilidades operativas servindo a bordo dos navios mais modernos da esquadra brasileira, até ser designado para realizar o curso de mestrado em Pesquisa Operacional e Análise de Sistemas, em Monterey, CA-EUA. Após a conclusão do mestrado, serviu em funções técnicas por cerca de 10 anos, desenvolvendo projetos de otimização de recursos, de emprego de Poder Naval, de jogos para treinamento de Guerra Naval e de implantação de sistemas de tecnologia da informação e comunicações.

Comandou o navio de apoio logístico “Almirante Gastão Motta”, o Centro de Apoio a Sistemas Operativos, o Centro de Análises de Sistemas Navais e a Escola de Guerra Naval. Antes de assumir o Comando do 2º Distrito Naval, atuou por mais de dois anos na função de Assessor Marinha do Brasil: É co-autor de dois livros na área de gestão de logística e da cadeia de suprimentos. Atuou também como palestrante convidado de logística e gerenciamento de projetos, por mais de 12 anos, nos programas de graduação e de pós-graduação da Fundação Getúlio Vargas.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110931 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]