Agricultura familiar de Antônio Cardoso recebe investimentos de mais de R$ 1 milhão

Secretário estadual Jerônimo Rodrigues e prefeito Antonio Mário Rodrigues (Toinho Santiago), durante evento em Antonio Cardoso.

Secretário estadual Jerônimo Rodrigues e prefeito Antonio Mário Rodrigues (Toinho Santiago), durante evento em Antonio Cardoso.

Fortalecer a agricultura familiar e o desenvolvimento local do município de Antônio Cardoso, no Território de Identidade Portal do Sertão. Com esse objetivo, o secretário de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues,realizou, nesta sexta-feira (25/05/2018), a entrega de uma Casa de Mel, 600 certificados do Cadastro Ambiental Rural (CAR) e assinou convênio do Bahia Produtiva, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública SDR. O ato foi realizado na Câmara Municipal de Vereadores e contou com a participação de agricultores familiares e autoridades locais.

Por meio do Bahia Produtiva, serão investidos R$623,4 milhões na cadeia produtiva da caprinocultura. O convênio foi firmado com a Associação Comunitária Nossa Senhora dos Navegantes, beneficiará diretamente 21 famílias, com equipamentos, instalação de abrigo e reprodutores. A associação está recebendo ainda, por meio do convênio com o Bahia Produtiva, assistência técnica e extensão rural (ATER), com investimento de R$155,3 mil, totalizando recursos da ordem de R$800 mil.

O secretário da SDR, Jerônimo Rodrigues, destacou que o Governo do Estado vem realizando investimentos e busca projetos que sejam referência, que não deixem os resultados restritos somente às comunidades beneficiadas: “Buscamos o envolvimento das comunidades, da Prefeitura e Câmara de Vereadores, para formar um fórum permanente que pense nas necessidades do município, no que pode ser feito e seja capaz de gerar renda e desenvolvimento para melhorar a qualidade de vida da população”.

Para Erenita da Conceição, presidente da Associação Comunitária Nossa Senhora dos Navegantes, da comunidade de Pernambuco, em Antônio Cardoso, as mudanças já começaram a acontecer na comunidade, com a chegada dos serviços de ATER, com capacitações e orientações que incluem a utilização de medicamentos naturais: “A expectativa com a chegada do Bahia Produtiva é de melhorar o rebanho e a renda das famílias e, com fé em Deus, tem tudo para dar certo”.

Ainda em Antônio Cardoso, Jerônimo Rodrigues fez a entrega oficial da Casa do Mel na Comunidade Quilombola de Paus Altos, que atende 60 famílias, e contou com investimento total de R$ 230 mil. “A chegada da Casa de Mel tem mudado a nossa forma de buscar renda. O mel tem sido a principal fonte de renda das famílias da comunidade. A produção de mel já alcança cerca de 50 toneladas/ano, melhorando a qualidade de vida dos que antes viviam somente das pequenas produções de feijão e milho”, afirmou Euzébio Souza, presidente da Associação Quilombola de Paus Altos. A comunidade também tem geração de renda com a mandiocultura e a fabricação de geleias e compotas, fabricadas por um grupo de mulheres.

O prefeito de Antônio Cardoso, Antônio Mário Rodrigues, lembrou que esse é o dia dedicado ao trabalhador rural e afirmou que essas ações do Governo do Estado, realizadas por meio da SDR, são de grande importância para o desenvolvimento da agricultura familiar do município: “Essas ações engrandecem e apoiam associações, e precisamos nos organizar mais para que consigamos, cada vez mais, fortalecer as comunidades rurais do município”.

Garantia-Safra

Pelo programa Garantia-Safra está destinado ao município recurso da ordem de R$875 mil, para beneficiar 908 agricultores familiares que perderam a safra devido à estiagem. O seguro possibilita a garantia mínima de recursos para essas famílias investirem em novas safras, além de movimentar a economia do município.

Na Bahia, o programa é coordenado pela SDR, por meio da Superintendência da Agricultura Familiar (Suaf), com o apoio da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), atuando nos Serviços Territoriais de Apoio à Agricultura Familiar (SETAFs), com a realização de inscrições dos agricultores e elaboração dos laudos na verificação de perdas, além da articulação com os municípios e com a Delegacia da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (SEAD).

O estado da Bahia é o único no país em que o Governo, além de pagar a sua parte no Garantia-Safra, assume 50% dos valores devidos aos agricultores familiares e às prefeituras municipais, usando recursos do Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Funcep).

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]