Vereadores repercutem comemoração da II Semana Olhares Sobre o Autismo em Feira de Santana

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Cadmiel Pereira: estas crianças precisam ser inseridas no mundo infantil.
Cadmiel Pereira: estas crianças precisam ser inseridas no mundo infantil.
Cadmiel Pereira: estas crianças precisam ser inseridas no mundo infantil.
Cadmiel Pereira: estas crianças precisam ser inseridas no mundo infantil.

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta segunda-feira (02/04/2018), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Cadmiel Pereira (PSC) abordou a abertura da II Semana Olhares sobre o Autismo, realizada nesta manhã em Feira de Santana.

“Hoje tenho o prazer em falar do Dia Mundial do Autismo e dizer que participei nesta manhã da abertura da II Semana Olhares Sobre o Autismo, onde contou com a presença deste vereador, do vereador Roberto Tourinho, do deputado Ângelo Almeida, dos secretários municipais Denise Mascarenhas e Ildes Ferreira e do renomado neuropediatra Clay Brites, palestrante e especialista em autismo, que apresentou dados da ONU em relação às fases do autismo, da necessidade de evoluir e produzir conhecimentos. Foi apresentado técnicas e estruturas para melhor acolher os autistas, bem como suas famílias através, inclusive, de políticas públicas. Foi lembrado ainda sobre o trabalho realizado por ONGs e suas formatações que produzem evolução do tratamento”, relatou Cadmiel.

O edil afirmou que os profissionais da saúde e educação de Feira de Santana estão se dedicando para melhor atender os autistas e seus familiares. “Estas crianças precisam ser inseridas no mundo infantil. Quero aproveitar para parabenizar o prefeito, pois junto com as secretarias, garantiu a realização desta Semana, bem como ao Shopping Boulevard, que abriu as portas para o ensaio fotográfico. A comemoração da Semana contará ainda com palestras, futebol, caminhada alusiva e mais”, pontuou.

Para finalizar, Cadmiel lembrou do desafio de ser mãe de uma criança autista. “Quando as mães descobrem que os filhos são autistas, muitas vezes não sabem como conviver, tratar, se perdem no financeiro, no contato familiar porque o filho precisa muito dela e mais. É mesmo um teste de fé e resiliência, precisam da estrutura dada por Deus, da força de ser mãe de criança especial. Não é fácil ser mãe de uma criança especial nos dias de hoje. Parabéns para todas as mães que estão nesta luta mediante os que amam. Quero lembrar que esta Casa aprovou um Projeto de Lei que via reconhecer a prioridade das mães de crianças autistas em tratamento”, findou.

Roberto Tourinho lembra Semana Olhares Sobre o Autismo e critica morte de PMs

Em pronunciamento, na sessão ordinária desta segunda-feira (02), na Casa Legislativa, o edil Roberto Tourinho (PV) lembrou das comemorações da II Semana Olhares Sobre o Autismo, realizadas em Feira de Santana, e lamentou o assassinato de mais um policial militar na Bahia.

“A abertura da II Semana Olhares para o Autismo aconteceu hoje no Maestro Miro. Um evento realizado pela Família Azul em Feira de Santana, que assiste crianças com autismo. A Semana será comemorada até o dia 8 de abril, bem como o 1º Encontro Estadual da Família Azul. A abertura da II Semana contou com a presença de profissionais de saúde, bem como secretários municipais e vereadores. Quero aqui parabenizar a Família Azul, na pessoa de Cíntia, que tem sido uma lutadora em assegurar o direito das pessoas com autismo na cidade”, pontuou Tourinho.

Ainda no uso da tribuna, o vereador tratou sobre o crescente número de policiais militares que são assassinados na Bahia. “Já ouvi inúmeros vereadores preocupados com a onda de violência no estado da Bahia, especificamente em Feira de Santana. Estamos vivendo momentos difíceis, economicamente, politicamente e eticamente difíceis e tudo isso tem contribuído para esta violência. No último dia 28 de março, tivemos mais um registro de policial militar assassinado quando do retorno da sala jornada de trabalho. Um policial militar de 36 anos, recém-casado, com uma filha de três anos de idade e que, no exercício da sua função, reagiu a um assalto e foi morto com um tiro na cabeça”, lamentou Tourinho.

O vereador ressaltou a informação de que não conhecia no policial militar assassinado, mas solidariza-se com a família pelo ocorrido. “Não o conhecia, mas como milhares de feirenses e baianos, fiquei consternado com o assassinato do policial militar Cristiano Ramos. Em pesquisa na internet, até o final do mês de março no Brasil, já foram baleados 103 policiais militares, destes 34 morreram, 98 eram policiais militares e cinco policiais civis. Seguramente, a morte de Cristiano ainda não está inserida nesta estatística”, relatou.

Tourinho ratificou que o uso na tribuna foi para se solidarizar com as famílias, mães, pais e filhos de policiais militares que perderam suas vidas. “Por outro lado, quero lembrar que tem crescido significativamente o número de suicídios de PMs. São aqueles que não perderam suas vidas em lutas diárias, mas que não suportaram a pressão de baixos salários, de terem que esconder que são policiais, de terem que esconder as fardas quando deixam o serviço, porque caso contrário, assinam suas sentenças de morte”, observou.

Para concluir, o edil disse não ter intenção de culpar terceiros pelo fato, mas que não irá se calar pelo direito à vida. “Não estou questionando responsabilidade do governo A ou B, nem se os salários são baixos ou não, nem se eles têm direito ou não às gratificações, mas não me calarem quanto o direito que eles têm à vida. Os profissionais estão sendo vítimas em todo o Brasil, eles estão morrendo por garantir a segurança dos cidadãos. Cristiano não será o último e outros Cristianos perderão a vida”, finalizou.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113826 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]